Apenas 7% dos CMOs sentem que estão totalmente estruturados para alcançar bons resultados Bruno Mello 5 de julho de 2023

Apenas 7% dos CMOs sentem que estão totalmente estruturados para alcançar bons resultados

         

Pesquisa CMO Outlook Index, da GfK, examinou a percepção dos líderes sobre os fatores de sucesso que impulsionam o Marketing eficaz em suas empresas

Apenas 7% dos CMOs sentem que estão totalmente estruturados para alcançar bons resultados
Publicidade
Prime Day Amazon

Impacto, alinhamento e investimento são os três pilares centrais da eficácia do Marketing, segundo a GfK. E foi analisando esse tripé que a empresa de pesquisa identificou que, embora 40% dos profissionais de Marketing sênior digam que têm todos os recursos necessários em pelo menos uma das áreas, apenas 7% dizem que se sentem perfeitamente equipados em todos os três pilares. 

Os dados fazem parte do “CMO Outlook Index”, que examinou a percepção dos CMOs sobre os fatores de sucesso que impulsionam o Marketing eficaz em suas empresas. Nas empresas em que o líder de Marketing sente que têm um forte propósito de marca, o Marketing normalmente tem mais influência: 81% dos líderes dessas empresas incluem o desenvolvimento de produtos como uma responsabilidade do Marketing (em comparação com a média de 69% de todos os entrevistados) e 78% dizem o mesmo sobre preços (em comparação com a média de 67%).

Empresas em que os líderes de Marketing veem um forte “Alinhamento” têm mais responsabilidades atribuídas às equipes 

O pilar “Alinhamento” está relacionado à alavancagem do valor comercial e do propósito da marca: um quarto de todos os tomadores de decisões da pesquisa concorda fortemente que sua empresa tem uma missão e um propósito claramente definidos, além das metas comerciais, e que a marca contribui também para o sucesso comercial da empresa. E mais: 60% dos tomadores de decisão da pesquisa priorizam a construção da marca a longo prazo nas alocações de Marketing.

Para o pilar “Investimento”, a GfK analisou o equilíbrio entre a construção da marca a longo prazo e o crescimento das vendas a curto prazo, bem como o apoio dos CEOs e CFOs no investimento em estratégias de marca a longo prazo. 19% dos líderes de Marketing da pesquisa se consideram bem-posicionados em ambas as categorias. Dentro desse grupo, 60% dizem que gastam pelo menos sete em cada 10 de seus recursos de Marketing na construção de marcas de longo prazo, em comparação com 52% de todos os entrevistados. Esse nível de investimento de longo prazo parece alto, mas provavelmente capta o orçamento além dos custos imediatos de mídia e produção.

Publicidade

Com relação ao “Impacto”, 20% dos tomadores de decisão acreditam que estão em uma posição ideal. Eles têm uma equipe forte com todas as habilidades necessárias e um bom entendimento de quais atividades, canais e alavancas de Marketing proporcionam o melhor ROI. Desses, 59% estão extremamente confiantes de que seus sistemas de dados, análises e percepções serão capazes de responder às questões críticas de negócios do futuro. Isso contrasta fortemente com o fato de apenas 28% do conjunto completo de entrevistados poderem fazer a mesma afirmação.

Os líderes de “impacto” têm maior probabilidade do que a média de afirmar que possuem recursos maduros em áreas como segmentação de clientes, otimização de campanhas e extração de percepções dos dados.

“É relativamente comum que os CMOs tenham otimizado a capacidade da equipe de Marketing, o alinhamento da marca da empresa ou o investimento na marca. A grande queda ocorre quando analisamos quem se sente otimamente posicionado em todas as três áreas. As descobertas do nosso CMO Outlook Index ajudam os líderes de Marketing a entender como seus colegas percebem o marketing e onde o crescimento é necessário”, comenta Gonzalo Garcia Villanueva, Diretor de Marketing da GfK.

A classificação do índice revela diferenças críticas por receita e setor 

O CMO Outlook Index geral é uma média de todos os três pilares e leva em conta os líderes de Marketing de cada pilar: aqueles que concordam fortemente com as categorias de definição de cada pilar e que, portanto, se sentem mais confiantes. Essa pontuação geral do Índice está atualmente em 21.

Analisando mais de perto o tamanho das empresas, o índice mostra que os profissionais de Marketing de empresas com alto faturamento anual também se consideram mais bem posicionados em termos dos fatores de sucesso necessários para um Marketing eficaz. Por exemplo, o índice geral para líderes de Marketing em empresas com receita anual inferior a US$ 500 milhões é 12, em comparação com 28 para aqueles em empresas com receita anual superior a US$ 1 bilhão.

Diferenças interessantes também podem ser observadas em setores distintos: As empresas de serviços públicos, telecomunicações e logística têm a pontuação mais baixa do CMO Outlook Index, com 17 pontos, enquanto as empresas de tecnologia e bens duráveis, bem como as de serviços financeiros e profissionais, têm a pontuação mais alta, com 24 pontos cada. Essas empresas superam até mesmo setores tipicamente fortes, como FMCG, Moda e Estilo de Vida (índice de 19), cuja pontuação geral é reduzida por uma classificação baixa no “Alinhamento” de Marketing.

O CMO Outlook Index será complementado em breve por um relatório abrangente da GfK que fornecerá informações e análises ainda mais detalhadas sobre a situação e os desafios enfrentados pelos CMOs em caráter global. Ele foi desenvolvido para ajudar os líderes de Marketing do mundo todo a enfrentar os desafios e garantir a excelência em suas empresas. Espera-se que o CMO Outlook Report seja publicado em setembro de 2023.

A CMO Outlook Survey baseia-se em 633 entrevistas com uma amostra global de líderes de Marketing sênior em empresas com receita anual acima de US$ 50 milhões ou com mais de 250 funcionários. Entende-se por líderes: CMOs ou Chefes de Marca, Diretores ou VPs de Marketing, Marca, Operações de Marketing ou Experiência do Cliente.

Venha para o Clube e faça parte da conversa!

Clube Mundo do Marketing

Leia também: Exaustão do CMO e congelamento de contratações: especialista prevê o 2023 dos profissionais de Marketing


Publicidade
Prime Day Amazon