Outlets mantém boas projeções de vendas para 2023 Bruno Mello 27 de abril de 2023

Outlets mantém boas projeções de vendas para 2023

         

Pesquisa Privalia MindMiners indica que brasileiros devem aumentar gastos em lojas promocionais nos próximos meses

Outlets mantém boas projeções de vendas para 2023
Publicidade

Parece que o brasileiro decidiu tirar o escorpião do bolso para comprar roupas, acessórios e calçados nos outlets. De acordo com a pesquisa Privalia MindMiners, que ouviu 1.400 pessoas de todo o país, 42% dos entrevistados pretendem gastar mais nestes estabelecimentos nos próximos seis meses.

Os outlets do país experimentaram um boom nos negócios durante os anos marcados pela pandemia do Coronavírus. Quase 80% dos respondentes disseram que passaram a comprar mais em outlets online durante aquele período, e atualmente, 34% seguem comprando nesse modelo,

Roupas e acessórios para adultos estão no topo das preferências em outlets físicos e online (72%), seguidos das categorias calçados adulto (69%), roupas e artigos esportivos (61%) e artigos de cama, mesa e banho (41%). Produtos infantis e cosméticos e beleza possuem mais aderência junto aos compradores exclusivos do canal digital.

No Brasil, a média de frequência de compra em outlets é de 4,3 vezes ao ano, mas 20% dos entrevistados para a pesquisa afirmam adquirir peças uma vez por mês. A média é maior entre consumidores de 25 a 34 anos (23%) e cai para 11% entre pessoas com mais de 55 anos.

Nesse contexto, considerando a última aquisição, padrão e intenção de compra, o ticket médio de gastos é de R$ 610,00 a R$ 680,00, mas varia entre R$ 800,00 a R$ 1.200,00 entre pessoas de 45 a 54 anos.

Modelos de avaliação de marca e como gerar valor

Leia também: 82% dos consumidores planejam bem as compras de vestuário antes de efetuá-las


Publicidade