Notícias Corporativas

Pandemia: venda de joias em ouro e relógios é opção nesta época

Para estimular a economia venda de joias e relógios auxilia a conseguir um dinheiro extra sem contrair dívidas

Categoria: Negócio

Autor: DINO

Data de Publicação: 30/03/2020
DINO

Inegável que o assunto do momento é a pandemia de COVID-19 que o mundo todo está vivendo. Com isso, muitas incertezas, inclusive econômicas, já que os estabelecimentos estão fechados por tempo indeterminado. Contudo, as contas não param de chegar, os boletos e muitas pessoas que não possuem uma renda fixa, como empreendedores e autônomos precisam de um fôlego para este período e precisam de dinheiro para se manterem. Muitos buscam por empréstimos em bancos ou financeiras mas os juros são muito altos e outras vezes nem conseguem aprovação do crédito.

Uma boa alternativa segundo especialistas é vender joias em ouro, platina e prata. Além de fazer a economia girar também faz as peças que muitas pessoas podem ter interesse em utilizar vá para outras pessoas. "Em tempos de economia colaborativa e de fazer tudo circular e reciclar nada melhor que tirar o que está encostado no armário não é mesmo? Aproveitem o período de isolamento social para fazer esta limpeza e deem uma olhada nas joias e relógios que acabam ficando encostadas em casa por puro medo de usar ou por gosto pessoal mesmo. Lembre-se que elas podem gerar um dinheiro extra em especial nestes tempos de incertezas financeiras", comenta Cristiano Arcieiro, sócio-proprietário da Cap Jóias.

Mas como vender? Segundo Cristiano, o primeiro passo para a venda é procurar um local seguro, com avaliadores treinados, que trabalham com um preço justo de mercado, e mais importante que façam uma avaliação prévia à distância para garantir a saúde física dos clientes. "Nossa empresa é especialista nisso e está pronta para assessorar os clientes neste processo. A empresa tem 35 anos de mercado, diversos clientes, avaliadores responsáveis que atendem previamente à distância e que estão sempre antenados com as tendências e valores do mercado", comenta.

Muitas pessoas ainda possuem dúvidas sobre qual a melhor opção se é vender ou penhorar. Para isso Cristiano também aponta: "Normalmente a venda da jóia ou do Ouro compensa mais que o penhor. Isso acontece porque o cliente recebe 100% do valor avaliação, não contrai uma dívida e tem a certeza do quanto vale a sua peça. A venda permite ao cliente a negociação do valor pago pela peça uma vez que não existem tabelas de vinculação." aponta



Website: https://www.capjoias.com.br
Publicado por: dino

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido pela empresa DINO e não é de responsabilidade do Mundo do Marketing.