Notícias Corporativas

Recorrer multas pode ser a melhor opção paras os infratores

Conheça a nova parceria que auxilia os condutores de veículos a recorrerem a multas e infrações de trânsito.

Belo Horizonte

Categoria: Governo

Autor: DINO

Data de Publicação: 02/05/2019
DINO

Já é certo dizer que mais de 5 milhões de multas são autuadas no Brasil anualmente. Sejam elas por velocidade, falta de cinto de segurança, ou, como é comum nos dias de hoje, por utilizar o celular enquanto dirige. Mas a infração que contabiliza o maior número de infratores é a multa por velocidade em até 20%.

De acordo com o Departamento de Trânsito do Maranhão, o número de infrações cresceu aproximadamente 50%, se comparado aos anos anteriores. O número no Maranhão, por exemplo, chegou a quase 500 mil infrações, sendo que a infração “preferida” dos motoristas foi excesso de velocidade em até 20%, chegando a incríveis 180 mil infrações.

Já no Rio Grande do Sul, o Detran do estado registrou mais de 1 milhão de infrações até Outubro do ano passado, o que equivale a mais de 3 mil motoristas multados por dia e aproximadamente 2,5 infrações por minuto.

Assim como no Maranhão, o maior índice de infrações está voltado para excesso de velocidade em até 20% e seguido de dirigir sem CNH e em terceiro estacionar em locais proibidos.

E para deixar a situação ainda mais agravante esses altos índices de multas por velocidade excessiva, faz com que os números de mortes por acidentes de trânsito chegam a incríveis 47 mil mortes por ano, aproximadamente.



Recorrer Multas pode ser uma Solução

Os números de infrações, apesar de expressivos, ainda apontam um grande crescente, sempre que é fechado o balanço anual.  Mas o que muitos motoristas ainda não sabem, é que existem meios de evitar e até recorrer as multas ou infrações recebidas. Apesar de não ser um processo simples, ele não é tão complexo quanto muitas pessoas pensam que é.

Mas vale lembrar que na maioria dos casos em que o condutor não é autuado em flagrante, e tem provas de sua inocência, as infrações recorridas ou contestadas, tem um retorno positivo para os condutores.

Para recorrer a uma multa, além de consultar a situação do veículo, o infrator precisa:

  • Formulário preenchido com dados e argumentos para a contestação;
  • Provas que afirmam a inocência (fotos, documentos, recibos)
  • Cópia de CNH e CRLV;
  • Notificação de autuação;
  • Guia que comprove o pagamento (caso já tenha sido realizado);
  • Recorrer com o prazo máximo de 60 dias, a partir da autuação.

Alguns serviços online permitem realizar uma consulta por placa. Nestes, é possível acessar dados como consulta por chassi ou por Renavam, e a situação atual do veículo.

Além disso, também é possível recorrer às infrações, caso pense que a multa foi autuada de maneira incorreta.

Um exemplo para auxiliar os motoristas pode ser o Doutor Multas que vem crescendo nos últimos anos. Que ajuda motoristas que necessitam da CNH liberada e não podem recorrer alguma infração e não podem ficar sem dirigir, devem ficar sempre atentos

 

Parceria facilita vida de motoristas

Uma novidade para o ano de 2019 é a parceria, o site para consultar a placa uniu-se ao Doutor Multas com o objetivo de integrar a consulta de situação do veículo com o serviço de recorrer às multas de transito.



Website: https://doutormultas.com.br/consulta-placa-parceria
Publicado por: dino

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido pela empresa DINO e não é de responsabilidade do Mundo do Marketing.