Uma empresa de 50 anos não pode mais inovar? A Localiza&Co prova que sim. Especial Web Summit Rio 2023 Bruno Mello 5 de maio de 2023

Uma empresa de 50 anos não pode mais inovar? A Localiza&Co prova que sim. Especial Web Summit Rio 2023

         

Executivos contam história de transformação da companhia e afirmam que Localiza Labs, centro de inovação, ajuda no processo de renovação

Uma empresa de 50 anos não pode mais inovar? A Localiza&Co prova que sim. Especial Web Summit Rio 2023
Publicidade

A poucos dias de completar 50 anos, a Localiza é a prova viva de que uma empresa teoricamente “velha” pode, sim, inovar. Corrigindo: na verdade, somente uma empresa que inova continuamente consegue comemorar tantos aniversários. 

A companhia fundada em 1973 com seis fuscas financiados para alugar tem hoje em sua frota quase 600 mil veículos, está presente em 5 países na América do Sul e com uma lista extensa de inovações. A última foi o reposicionamento da sua marca, criando a Localiza&Co, uma marca corporativa desmembrada em um ecossistema de soluções de mobilidade para pessoa física e jurídica. 

Sob esse guarda-chuva estão a marca original Localiza para aluguel de carros, a Localiza Meoo, de carro por assinatura, a Localiza+, de serviços para carros próprios, e a Seminovos Localiza, venda dos carros da locadora, a Localiza Empresas, com as soluções de mobilidade para empresas e o Zarp, um serviço de aluguel digital para motoristas de Uber.

A mudança foi justamente para que os clientes possam enxergar com maior facilidade todos os produtos e serviços que a empresa disponibiliza. “Temos que ter habilidade de criar uma boa experiência, mas é preciso mudar o pensamento das companhias de orientação por produto para orientação para o cliente e de uma marca para um ecossistema”, pondera Ewerton Mokarzel, CEO & Partner da FutureBrand, agência responsável pelo reposicionamento durante o Web Summit Rio 2023.  

A mudança tem a ver com o objetivo de servir cada público em suas jornadas específicas. “Quando as empresas crescem e são bem sucedidas elas se tornam lentas, param de inovar e param de aprender e, com isso, param de gerar inovações ao consumidor”, afirma Bruno Lasansky, CEO da Localiza&Co. “É o oposto do que estamos fazendo. Estamos sempre buscando entender o consumidor e cocriando com ele”, adiciona. 

Um exemplo disso é que hoje o cliente pode alugar um carro pelo aplicativo e fazer o check in pelo seu celular que o carro abre automaticamente. “Isso melhora a experiência do cliente e nos ajuda a crescer”, explica o executivo. “Nos planos de assinatura os clientes também podem customizar pelos quilômetros que querem utilizar e pagar”.

Grande parte dessas inovações saíram do Localiza Labs, um Laboratório de tecnologia e ciência de dados para construir soluções de mobilidade. Com mais de 1,7 mil profissionais atuando em modelo de gestão ágil, o objetivo é criar experiências cada vez mais digitais e inovadoras para os clientes. 

“Trabalhamos no ramo da mobilidade e a tecnologia tem um ponto central nisso. Por isso, mesmo não sendo uma empresa de tecnologia, temos que ter as habilidades deste mundo para inovar e lançar produtos e serviços mais eficientes e que nos ajudam em produtividade e eficiência”, aponta Bruno Lasansky, CEO da Localiza&Co.

O Marketing da Localiza também trabalha sob uma gestão ágil. Eles saíram de um time com 60 pessoas para 140 aplicando a metodologia de Marketing Ágil e, o principal, dando resultado para a companhia. Saiba como eles implementaram e todos os detalhes de como fazer no Clube Mundo do Marketing. 

Leia também: Como a Localiza substituiu o Marketing tradicional pelo Marketing ágil


Publicidade