2023 foi, sem dúvidas, um ano de extrema importância para o TikTok. Além de se transformar na ferramenta predileta de marcas em busca de parcerias e ações com influencers, a plataforma registrou, por meio do TikTok For Business, números de vendas acima da média registrada por outras redes sociais para pequenas e médias empresas.

Dados da plataforma apontam que, após assistirem a um um anúncio no TikTok, os espectadores apresentam índices de confiança 41% maiores – em relação aos anúncios veiculados em outras plataformas – e têm 31% mais probabilidade de construir uma relação de lealdade com a marca anunciante.

Em função disso, marcas devem continuar a desbravar o potencial do TikTok em 2024, buscando, principalmente, estabelecer contatos mais significativos com as gerações mais jovens. Pensando nisso, a plataforma divulgou o relatório “What’s Next 2024”, que aponta as principais tendências para a criação de campanhas na plataforma.

O estudo ressalta três posicionamentos ideais para a construção e/ou a manutenção de comunidades na plataforma. São elas:

Creative Bravery: marcas que demonstrarem “bravura criativa” serão aquelas que construirão conexões mais profundas com a comunidade TikTok. Segundo a plataforma, o termo descreve a criação de conteúdos alimentados por uma mistura de curiosidade, imaginação, vulnerabilidade e coragem. Essa bravura deve ser uma atitude intrínseca e parte da estratégia diária das marcas.

Para Dalit Saad, Cofundadora da Kvell e participante da série “Made For TikTok: Talking Creative”, a tendência pode ser encarada como um pedido razoável. Ela ressalta que o TikTok não apenas democratizou a criatividade mas também elevou, o que exige a comprovação de níveis criativos muito acima da média e fora da habitual zona de conforto criativa por parte das marcas que desejam se destacar na plataforma.

Picos de Curiosidade: Para manter o pico de curiosidade elevado, as marcas precisarão, ao produzir campanhas para o TikTok ou para outras plataformas, criar conteúdo relevante, agradável e útil, que desperte a curiosidade, inclusive para temas que as comunidades nem sequer sabiam que se interessavam.

Para corroborar essa afirmação, um estudo do TikTok aponta que os usuários têm 1,8x mais probabilidade de concordar que a plataforma lhes apresenta novos tópicos que, até então, escapavam de seus gostos. Em termos comparativos, 40% dos usuários da plataforma descobrem novas paixões ao utilizá-la, número significativo contra a média de 22% dos usuários de outras redes sociais.

Desconstrução do storytelling tradicional: O TikTok está se notabilizando por histórias que começam pelo final. O relatório aponta que essas estruturas narrativas assumiram a alcunha de mais interessantes e intrigantes, provando-se mais capazes de guiar os espectadores além dos primeiros segundos de cada vídeo.

Desafiando os formatos tradicionais, os anúncios destinados a despertar a curiosidade dos usuários na plataforma os mantêm assistindo por 1,4x mais tempo em comparação a outras redes. Para Ashley Rudder, CCO da Whalar e também participante da série “Made for TikTok”, marcas interessadas em anunciar no TikTok devem se comportar de forma diferente do que se comportam em anúncios na TV, assumindo a posição de um criador de conteúdo e abandonando as amarras impostas por scripts rasos e previsíveis.

Leia também: 5 passos para transformar o TikTok em uma ferramenta de negócios

Spark - Clube Mundo do Marketing