Verão 2024 será positivo para a recuperação do setor de bebidas, aponta Kantar Bruno Mello 16 de janeiro de 2024

Verão 2024 será positivo para a recuperação do setor de bebidas, aponta Kantar

         

Estudo analisa o desempenho da categoria entre o verão 2022/2023, a temporada anterior e projeta bons resultados para a estação atual

Verão 2024 será positivo para a recuperação do setor de bebidas, aponta Kantar

O setor de bebidas deverá crescer 5% e alcançar R$ 1 bilhão em faturamento na temporada marcada pelo verão 2023/2024, segundo projeções divulgadas pela Kantar. O avanço será impulsionado pelo calor previsto para os próximos meses e por um estado econômico mais favorável ao bolso dos brasileiros.

Os números representam boas notícias para a contínua recuperação pós-pandemia do setor. Entre o verão 2021/2022 e a estação 2022/2023, houve alta de 26% no gasto médio, que passou de R$ 90 para R$ 113. Os destaques do aumento de consumo em unidades ficaram para os energéticos (+64%) e a água mineral (+37%). Os principais motivos para o consumo, por sua vez, foram sabor (47%) e matar a sede (17%).

Os responsáveis por impulsionar as compras da categoria foram os jovens adultos, entre 18 e 29 anos (+41%), as classes A, B e C (+15%) e os residentes da região Nordeste (+20%). As aquisições foram feitas, sobretudo, nos hiper e supermercados (+34%), com ambulantes (+24%) e em bares (+21%).

O consumo dentro dos lares também cresceu e registrou um aumento de 19% no gasto médio no período estudado pela Kantar, indo de R$ 183 para R$ 218. As bebidas em destaque foram os energéticos (+41%) e os chás prontos (+27%). Vale ressaltar que a cesta de bebidas é bastante relevante no e-commerce, onde 2 milhões de lares compraram as categorias no canal online no último verão (alta de 4% na comparação com a temporada 2021/2022).

As compras foram realizadas, principalmente, nos canais porta a porta (+34%) e atacarejo (+21%). Moradores da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (+26%), pessoas acima de 50 anos (+14%) e classes A e B (+12%) foram destaques em crescimento na comparação entre o verão 2022/2023 e o período anterior.

Leia também: Tendência no mercado de bebidas: verão 2024 será de cervejas frutadas

MBA Mundo do Marketing