Vamos avaliar melhor e mais profundamente nossos resultados? Bruno Mello 17 de novembro de 2022

Vamos avaliar melhor e mais profundamente nossos resultados?

         

Diogo Gouvêa traz exemplos e reflexões sobre mensuração e metas

Publicidade

Falamos em recentes artigos sobre a importância da Granularidade e o Ponto Zero dos legados de impacto. Tais ações são essenciais e comuns em profissionais de sucesso. Recapitulando aqui em poucas palavras, a granularidade consiste em dividir o problema grande em pequenas partes, como “vendas/dia” ou “vendas/hora” por exemplo. O ponto zero por sua vez consiste na situação de início de tudo, pois dali saberemos onde podemos chegar.

Entendido esses pontos, vamos falar um pouco de situações bem típicas no mercado de trabalho que funciona com todos, independente da função. É definido uma meta, ou KPI, e você precisa atingi-lo. Até aí, tudo bem, mas será que não deixamos de mostrar qualitativamente o que foi realizado?

A continuidade do ponto zero para legados de impacto é a reflexão estratégica das ações, algo relativamente simples, que não exige contas ou atividades complexas, mas simplesmente fazer uma análise clara e objetiva daquilo que você se propôs a fazer. Vamos listar aqui alguns exemplos de profissionais vitoriosos, que bateram as metas desejadas, mas dominados pela rotina, não utilizaram a reflexão estratégica das ações:

João precisava entregar o resultado da venda de cosméticos do mês, de uma indústria de 20 tipos diferentes. João entregou o combinado, ou seja, o resultado total de faturamento. E João perdeu uma ótima oportunidade de mostrar o mix, o crescimento perante as farmácias e acender a luz amarela nos supermercados.

Eduardo tinha um desafio de, junto a sua equipe de comunicação, montar uma campanha que superasse o ano anterior em visualizações e interações com a empresa de venda de ração animal. A campanha de Eduardo foi um sucesso, porém ele perdeu uma grande chance de mostrar os horários e momentos cruciais de interface com os usuários.

Elaine desenhou uma estratégia de marketing digital baseada na compra de snacks em plataformas de delivery. O crescimento após a ação de Elaine foi de 130%, mas infelizmente, a Elaine não comentou as marcas que mais interagiram positivamente e alavancaram as vendas.

Pedro foi desafiado pelo seu gestor a incrementar o consumo por impulso de chicletes com uma estratégia promocional em lojas de conveniência. O resultado foi acima do esperado, com crescimento de 70%, porém Pedro não se atentou em ressaltar que os sabores de menta e frutas vermelhas representaram 90% do total, ou seja, os outros cinco sabores diferentes precisariam do foco nas próximas ações.

Vamos refletir um pouco, quantas vezes não somos João, Eduardo, Elaine e Pedro? Felizes com nosso “dever cumprido”, esquecemos de pensar estrategicamente? A alegria e realização disso acabam superando a etapa “lição aprendida”, essencial não só na derrota, mas tão importante quanto, nas vitórias.

Que não levemos nossos resultados no automático e tenhamos a seguinte reflexão estratégica das ações em três simples etapas:

1 – Checar: Avaliar com exatidão o número entregue, coisa que os cinco personagens descritos o fizeram. Quanto foi pedido e quanto entregou? Eis o momento;

2 – Comparar além do habitual: Comparar com o mês anterior? Pode ser ótimo, mas havia sazonalidade? O ano passado houve pandemia e queda de vendas?
Vale dedicar um tempo relevante nesta etapa. Só você sabe avaliar quais os melhores momentos de comparação de resultados, pois de que adianta somente informar que você vendeu mais sorvete no verão do que no inverno? Além de tudo, importante para valorizar como nunca suas conquistas.

3 – Estratificação: Item que faltou completamente em nossos quatro personagens. Faltou o momento de analisar o cenário completo, que envolve mix de produtos, ponto de vendas, informações sobre os clientes.

E assim, os cinco personagens fictícios mas reais citados, que encontramos diariamente, deixaram de utilizar nossas três etapas da reflexão estratégica das ações perdendo, não só, uma grande oportunidade de aprendizado, como também, a garantia da perenidade do resultado.


Publicidade