Os próximos dois anos serão de grandes mudanças para quem trabalha na área financeira, segundo levantamento feito pela Deloitte Global. Grande parte dos entrevistados espera que, no curto prazo, haja um impacto significativo de tecnologias como blockchain e processos robóticos de automação. Cerca de dois terços dos participantes da pesquisa disseram acreditar que a área de tecnologia provocará grande impacto na indústria financeira até 2019.

Essa expectativa é ainda mais forte entre executivos da América Latina, onde 75% tem a mesma opinião. Entre os ouvidos da região Ásia/Pacífico, apenas 50% apostam na tendência. Enquanto os agentes de todas as áreas do setor financeiro já identificam a escassez de mão de obra nos segmentos de inovação, desenvolvimento de produtos e Tecnologia da Informação, na média, 60% dos participantes acreditam que suas empresas planejam reter o atual staff, apesar da tendência de automação de atividades.

Por outro lado, 33% imaginam que haverá cortes no quadro funcional. Vale destacar que em relação às duas conclusões há diferenças de resultados de acordo com o segmento de atuação dentro da área financeira. O estudo “Financial Services Survey Snapshot” consultou mais de 200 executivos de empresas da área financeira – como bancos, corretoras de valores, seguradoras e gestoras de investimentos – de todo o mundo para conhecer suas opiniões sobre tendências nas áreas de tecnologia, talentos e transformação no setor de serviços financeiros.

Leia também: Tecnologia no Marketing: por que você precisa dar muita atenção? – estudo exclusivo para assinantes do Mundo do Marketing.