Skol em sua maior versão redonda 11 de janeiro de 2008

Skol em sua maior versão redonda

         

Skol apresenta novo evento para a cidade do Rio de janeiro. Com uma roda-gigante projetada no Forte de Copacabana e promete esquentar o verão na cidade

Publicidade

<p><strong>Skol em sua maior versão redonda</strong></p><p>Por Thiago Terra<br /><a href="mailto:thiago@mundodomarketing.com.br">thiago@mundodomarketing.com.br</a></p><p><img class="foto_laranja_materias" title="Skol em sua maior versão redonda" height="391" alt=" " hspace="6" src="images/materias/reportagens/roda_skol_interna.jpg" width="228" align="left" vspace="2" border="0" />Em mais uma ação redonda, a Skol, marca de cerveja que pertence a AmBev, prepara uma grande novidade para o público consumidor do produto. A Roda Skol já está praticamente pronta para a inauguração, dia 20 de janeiro, no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro. Engana-se quem pensa que a marca apresentará um parque de diversões na orla da cidade. Mais do que isto, a Skol anuncia um novo espaço destinado à arte, diversão e lazer dentro de um projeto de conteúdo para marca. </p><p>De acordo com Milton Seligman, diretor de relações corporativas da AmBev, a Skol tem total identificação com o Rio de Janeiro, o que fez com que a escolha do local para o evento fosse facilmente definida. “Além do carinho com o Rio, em todas as atividades da Skol, o consumo responsável faz parte e está presente”, diz Seligmen. Até 9 de fevereiro, a roda-gigante estará somente na cidade maravilhosa. O motivo de o evento ser realizado em apenas uma cidade é explicado por Marcel Marcondes, Gerente Nacional de Marketing da Ambev. “A Roda Skol será somente aqui porque a marca mora aqui. O Rio é a casa da Skol”, afirma o executivo. </p><p>Além desta, literalmente, grande novidade, Marcondes adianta que em breve chegará ao mercado a nova lata termo-sensível, que assim como a garrafa, informa pela cor quando a cerveja está gelada. Desta forma, a Skol pretende presentear o seu maior público consumidor em todo o país. “A nossa retribuição é fazer com que esta marca participe da vida das pessoas”, conta Marcel Marcondes, em entrevista coletiva no Forte de Copacabana.</p><p><span class="texto_laranja_bold">Experiência e entretenimento ao gosto do consumidor</span><br />Para Leonardo Byrro, Gerente de Produto da Skol, a Roda é a materialização de momentos felizes para o consumidor. Com funcionamento separado por dois turnos, as crianças menores de 14 anos também poderão curtir o evento entre 13h e 17h, de terça-feira a domingo, desde que acompanhadas pelos pais ou responsáveis. Para os maiores de 18 anos, o evento oferece, além da roda-gigante, o Olhar Redondo, uma projeção de imagens disponibilizadas diariamente a partir das 20h30 em uma das faces da Roda, com 30 metros de diâmetro. </p><p>Outra novidade é o Bar da Roda, onde as mesas terão jogos diferentes para entreter o público, sinuca, entre outras atrações que integram o ambiente característico dos botequins da cidade. Fechando o ciclo de novidades, haverá também o Bar da Pista, com uma pista wi-fi silenciosa com canais de rock, disco e house. A idéia é que os interessados possam escolher o que desejam ouvir sem incomodar ninguém, já que estarão disponíveis diversos fones de ouvido para o público. </p><p>Além desta possibilidade de ouvir o estilo musical preferido em um bar, o público poderá conectar, dentro das cabines da Roda, aparelhos para ouvir suas músicas e compartilhar com os amigos que os acompanham no passeio. “Além desta novidade, quem não levar o aparelho poderá ouvir a música ambiente da Roda Skol”, diz Leonardo Byrro.</p><p><span class="texto_laranja_bold">Consumo responsável e qualidade juntos pela experiência</span><br />De olho também no consumo responsável de cerveja durante o evento, a produção da Roda Skol preparou um carimbo para marcar as mãos do público maior de 18 anos, lembrando sobre a responsabilidade de não misturar bebida e direção. Para reforçar esta idéia, na saída dos banheiros do evento, os espelhos mostrarão mensagens sobre o consumo responsável de bebidas alcoólicas. Para provar que a marca realmente está preocupada com o bem-estar dos consumidores, a organização do evento não destinou nenhum centímetro dos 6.000m<sup>2</sup> para estacionamento. Tudo para evitar que as pessoas tenham que dirigir após a diversão.</p><p>Marcel Marcondes garante que esta é uma grande oportunidade de conhecer e vivenciar algo marcante na vida dos consumidores do produto. “Nossa proposta é gerar relacionamento com nosso público. A experiência que eles terão transcende o produto Skol, vai além de beber uma cerveja”, acredita. Segundo o Gerente Nacional de Marketing da Ambev, este espaço oferece um momento diferente para as pessoas. “O objetivo não é aumentar volume de vendas ou market share. O que nós queremos é gerar um relacionamento com estas pessoas”, conclui. “Queremos retribuir o carinho com o público, que este evento seja enriquecedor para a cidade e que contribua de alguma forma com o turismo do Rio de Janeiro”, aponta Leonardo Byrro.</p><div style="text-align: center"><img class="foto_laranja_materias" title="Skol em sua maior versão redonda" height="317" alt=" " src="images/materias/reportagens/roda_skol.jpg" width="520" border="0" /></div><p>Para Paulo leal, Diretor Geral da Dream Factory, agência de promoção, eventos e geração de conteúdo que criou e produziu a idéia da Roda Skol, este é um dos maiores projetos criativos da empresa desde sua inauguração, em 2001. “Este talvez seja o projeto mais bem sucedido de experiência de marca e um dos mais inovadores do Brasil”, diz o diretor. </p><p>De acordo com Leal, a Roda foi desenvolvida durante seis meses, o que mostra que não basta para uma marca falar só dos seus atributos e diferenciais: ela precisa saber se expressar. “Em uma das reuniões de brainstorm da agência, falamos sobre as roda-gigantes que voltaram à tona em diversos países. Foi aí que tivemos a idéia de fazer uma roda-gigante para a Skol”, explica. Paulo Leal afirma que o objetivo da Dream factory não é realiza diversos eventos, mas poucos que sejam marcantes. “Nós não somos um banco de eventos, mas sim uma boutique de eventos”, provoca o Diretor Geral da agência.</p><p><span class="texto_laranja_bold">Acesse</span><br /><a href="http://www.rodaskol.com.br/">www.rodaskol.com.br</a><br /><a href="http://www.dreamfactory.com.br" target="_blank">www.dreamfactory.com.br</a></p>


Publicidade