A SHEIN pretende emplacar o programa de incubação SHEIN X no Brasil em 2024. Trata-se de uma iniciativa global, concebida em 2021, com o objetivo de fomentar o desenvolvimento de artistas e designers em ascensão. Segundo a varejista, atualmente, o projeto conta com mais de 4.600 participantes de todo o mundo, que foram os responsáveis pela criação de mais de 41 mil produtos.

Um dos maiores benefícios oferecidos pelo SHEIN X aos artistas e designers participantes é a visibilidade obtida com o acesso à comunidade global de consumidores da empresa, que possui mais de 150 milhões de clientes. Os participantes criam e vendem os próprios produtos por meio da plataforma global da SHEIN e podem alcançar consumidores de todo o mundo.

Os participantes do SHEIN X contam com o apoio de um time de profissionais especializado para orientá-los sobre o desenvolvimento de coleções de moda e criação de artes com foco em mais de 32 categorias de produtos, entre roupas femininas, masculinas, infantis e acessórios.

Para começar a produção das peças e lançar as suas próprias coleções, os artistas recebem créditos financeiros de R$ 5 mil e os designers de R$ 25 mil, além de comissões sobre as vendas dos produtos que criam.

Segundo Raquel Arruda, diretora de Marketing da SHEIN no Brasil, os participantes do SHEIN X têm, ainda, acesso ao modelo de negócios sob demanda da companhia com produtos de alta qualidade e preços acessíveis.

Para participar do programa, os candidatos precisam enviar uma ficha de inscrição para a plataforma do SHEIN X, juntamente com portfólios detalhados e/ou obras de arte digitais para avaliação técnica do time da varejista online.

Leia também: Shein lança coleção de looks para o Carnaval com curadoria de Anitta

Clube Mundo do Marketing