Segmentação de listas aumenta relevância das campanhas de e-mail marketing 8 de janeiro de 2008

Segmentação de listas aumenta relevância das campanhas de e-mail marketing

         

Segmentação de listas aumenta relevância das campanhas de e-mail marketing

Publicidade

<p><strong>Segmentação de listas aumenta relevância das campanhas de e-mail marketing</strong></p><p>Por Fabio Nunes*</p><p>Faz parte dos princípios básicos do Marketing Direto a comunicação dirigida e personalizada. Sabendo que seu público-alvo tem preferências distintas, culturas distintas e interesses distintos, para se obter melhores resultados é importante comunicar-se com cada perfil de audiência de maneira distinta. Relevância é a palavra mágica. </p><p>Trabalhar a segmentação de sua base de contatos para agrupá-la em listas de acordo com as preferências (também conhecido como clusters) é o primeiro passo para entregar mensagens mais relevantes para seu público. O ponto principal desta prática é garimpar na base de dados (o famoso data mining) e identificar os perfis de audiência mais apropriados para receber sua mensagem e responder ao call-to-action, o mais importante. </p><p>Cada tipo de cliente, cada campanha de marketing pode ter uma necessidade distinta de segmentação, agrupar contatos por idade, sexo, localização geográfica ou perfil de compra são os mais comuns, procure identificar em sua próxima ação quais seriam os diferentes públicos que podem respondê-la. Tome como exemplo o caso abaixo:<br />Imagine uma agência de turismo especializada em pacotes de estudo no exterior, neste cenário você pode falar de maneira individualizada com pelo menos dois públicos distintos: jovens que viajam para curtir e aproveitam para estudar e adultos que aproveitam o período de descanso para aprimorar seus conhecimentos, isso para ser um pouco mais genérico, pois ainda pode ser levado em conta outros critérios. Para o primeiro grupo você diz: Curta suas férias no exterior. Para o segundo, a mensagem deve ser diferente: Aumente seus conhecimentos durante as férias. É uma diferença sutil na comunicação e na execução da ação, mas que certamente irá ser percebido de maneira diferente por quem recebe e trará melhores resultados. </p><p>A diferença na comunicação pode ser tão simples quanto criar um assunto (subjet) diferente para cada perfil, ou você pode decidir preparar uma nova peça para cada grupo. Quanto mais personalizado, melhores os resultados. A mudança na execução pode ser simplesmente agrupar os contatos de sua base por idade e gerar listas segmentadas: maiores de 30 e menores de 30 (jovens). Se quiser personalizar ainda mais, utilize o sexo também como critério: mulheres acima de 35 anos, homens abaixo de 35 etc. </p><p>Existem muitas formas de realizar segmentação, a utilização pode variar de acordo com sua necessidade e especialmente com as informações que você tem disponível no banco de dados. Imagine os resultados dessa ação utilizando uma mensagem genérica para todo o público. Como seriam os resultados? Faça testes a analise os resultados lado a lado, certamente os número serão surpreendentes. </p><p>* Fabio Nunes é Diretor de Serviços da Zartana. <br />E-mail: <a href="mailto:fabio.nunes@zartana.com">fabio.nunes@zartana.com</a></p><p><span class="texto_laranja_bold">Acesse<br /></span><a href="http://www.zartana.com" target="_blank">www.zartana.com</a></p>


Publicidade