<p><strong>Quase metade das empresas brasileiras ignora novas práticas de Marketing</strong></p> <p>Quase a metade das grandes empresas brasileiras está distante das novas práticas de comunicação e de marketing. Apesar de uma das coisas mais exigidas no Marketing de uma empresa ser justamente o seu caráter inovador, atual e efetivo, 47% das companhias ouvidas na pesquisa “Agenda do Futuro” ainda se mantêm distantes das novas ferramentas e práticas da profissão. O estudo foi realizado pela Troiano Consultoria de Marca em uma iniciativa do Grupo TV1.</p> <p>Segundo a pesquisa, apenas 10% das empresas no Brasil podem ser caracterizadas como “empresas do futuro”, estando atualizadas quanto às novas práticas de comunicação e de marketing. Já o 33% restante adota apenas parcialmente alguns desses modelos. Foram ouvidas 60 grandes empresas do Brasil, 77% delas com um quadro de mais de mil funcionários.</p> <p>A “Agenda do Futuro” analisou cinco quesitos: Integração, Interatividade, Tecnologia, Mensuração e Branding. Também foram comparadas as crenças dos executivos sobre a importância de cada um desses quesitos e o que realmente é praticado em sua empresa.</p> <p>O estudo conclui que nenhum desses quesitos atingiu um índice médio satisfatório, havendo também uma discrepância entre as crenças e práticas dos executivos. Além disso, o estudo aponta uma variação relevante de maturidade entre as empresas nas cinco categorias e que as “empresas do futuro” são justamente aquelas onde a crença sobre a importância de cada quesito é mais presente.</p> <p>A TV1 apresentou os resultados no 1º Encontro Agenda do Futuro, com a presença do professor Don Schultz, um dos maiores especialistas em marketing debatendo sobre o tema. O assunto também é abordado no site colaborativo da pesquisa, <a href="http://www.tv1.com.br/agendadofuturo" target="_blank">www.tv1.com.br/agendadofuturo</a>.</p>