Polaroid por Lady Gaga 25 de julho de 2010

Polaroid por Lady Gaga

         

Marketing

<p class="MsoNormal" style="text-align: center; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt; mso-layout-grid-align: none"><span style="font-family: "><img alt="" style="width: 351px; height: 192px" src="/images/materias/Blog%20Beth/Polaroid.jpg" /></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt; mso-layout-grid-align: none"> </p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt; mso-layout-grid-align: none"><span style="font-family: ">Desde janeiro Lady Gaga é a Diretora Criativa para projetos especiais da Polaroid, empresa que encontra-se sob nova gestão há um ano. Há vários movimentos interessantes aqui. Um deles é que ela não apenas endossa a marca como habitualmente acontece, mas faz curadoria de inovação, design e moda. <span style="mso-spacerun: yes"> </span>Alguns especialistas no segmento viram a parceria  com certo desdém em função da falta de conhecimento tecnológico e do segmento de Lady Gaga. Porém o que a empresa busca, além do endosso, é um olhar inquieto, transgressor e irreverente. Outro aspecto interessante desta parceria, é a união de uma marca quase centenária que atravessou gerações com outra que é símbolo de uma contemporaneidade pop. </span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt; mso-layout-grid-align: none"> </p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt; mso-layout-grid-align: none"><span style="font-family: ">A Polaroid começou como fabricante de óculos de sol, evoluiu para filmes instantâneos, máquinas fotográficas, acessórios e mais recentemente entrou em televisões LCD's, DVD’s e câmeras digitais. Neste caminho viveu altos e baixos e optou por uma estratégia arrojada com esta parceria. Recentemente a Polaroid lançou o modelo 300, a clássica máquina analógica que definiu a imagem da marca e que de certa forma a aprisiona no entorno desta modalidade. Ao que parece o modelo não foi alvo do trabalho de Lady Gaga, já que o primeiro laboratório criativo foi realizado no mesmo mês do lançamento, mas de um modo ou de outro, recebe a aura da parceria. Este movimento pode dar certo ou errado mas o que eu acho incomum é ver a coragem da empresa de fazer um movimento arrojado como este. Coragem deveria ser uma competência essencial em marketing mas anda rareando em função das pressões da competição.</span></p>