Parceria entre Magalu e Sebrae leva pequenos varejos para internet 27 de abril de 2020

Parceria entre Magalu e Sebrae leva pequenos varejos para internet

         

Plataforma Parceiro Magalu disponibiliza itens de pequenos varejistas e empreendedores do Sebrae e ajudam a alavancar as vendas durante período de pandemia pelo Covid-19

Publicidade

O Magalu fechou parceria com o Sebrae para que sua plataforma, Parceiro Magalu, possa acelerar a chegada dos pequenos comércios ao ambiente digital. O acordo tem como objetivo levar novos projetos de empreendedores do Sebrae para a plataforma da varejista e, em contrapartida, o Sebrae ganha um canal com cursos de capacitação para seus empreendedores. Desta forma, o Parceiro Magalu se associa à marca do Sebrae diante de pequenos empreendedores e aproveita o alcance da entidade em todo o território nacional. 

Diante da pandemia pelo Covid-19, o Sebrae entendeu que a digitalização de pequenos negócios poderá ajudar a modernizar e fortalecer as pequenas empresas que encontram dificuldades para atender o cliente neste momento. “Apostamos nesta parceria com o Magalu para oferecer uma ferramenta fácil e eficiente para ampliar as vendas e reforçar os caixas das empresas durante a pandemia", diz o Presidente do Sebrae, Carlos Melles.

O projeto Parceiro Magalu foi lançado no início da pandemia e permite que os empreendedores disponibilizem produtos no site e no aplicativo Magalu até o dia 31 de julho de 2020, a partir de uma taxa de 3,99% do valor de cada venda para cobrir os custos da operação. Segundo Frederico Trajano, CEO do Magalu, a parceria com o Sebrae resulta em maior segurança para atingir o objetivo da parceria, que é alavancar pequenos negócios no Brasil. Os primeiros projetos da parceria serão realizados em Pernambuco e São Paulo, antes de expandir para todo o país.


Publicidade