Morreu nesta segunda, dia 12, aos 97 anos, Luiza Trajano Donato, fundadora do grupo Magazine Luiza. As informações iniciais indicam que Donato faleceu em Franca, onde reside, de causas naturais. O velório está marcado para começar as 10h na cidade paulista e o enterro está previsto para às 16h no Cemitério da Saudade. 

Luiza era natural de Cristais Paulista, no interior de São Paulo, e ficou conhecida pelo seu talento para vendas. Começou sua carreira de empresária aos 31 anos, abrindo uma loja de presentes, em Franca (SP), chamada A Cristaleira. O negócio passou por um rebranding e foi rebatizado como Magazine Luiza. De lá para cá, se consolidou como uma das principais redes de varejo de eletroeletrônicos e móveis e atualmente a empresa é uma varejista nacional de capital aberto.

Sem filhos, Luiza Trajano Donato escolheu a sobrinha Luiza Helena Trajano como sucessora nos negócios – atualmente presidente do conselho do grupo varejista.

Em luto, todas as lojas da empresa em Franca permanecerão fechadas nesta segunda-feira.

Luiza Trajano Donato em preto e branco, segurando flores

 

Comunicado oficial emitido pelo Magazine Luiza

“É com muita tristeza no coração, que venho comunicar o falecimento da nossa querida Luiza Donato, aos 97 anos, em Franca, no interior de São Paulo. Fundadora do Magazine Luiza, uma das maiores empresas de varejo do Brasil. Tia Luiza, como era mais conhecida, nasceu em 20/09/1926. Em uma época em que as mulheres eram criadas para se dedicarem, exclusivamente, à casa e à família, ela ousou ao batalhar para realizar o sonho de empreender. Ao lado de seu marido e companheiro de vida, Pelegrino José Donato, comprou a Cristaleira, uma loja de presentes localizada no centro de Franca, que logo seria rebatizada pelos fregueses de Magazine Luiza, e que seria o grande legado deixado por Luiza Trajano Donato.

Foi assim que Tia Luiza deu as boas-vindas aos funcionários das primeiras 50 lojas abertas simultaneamente na cidade de São Paulo, em 2008: “Quero pedir a vocês, como boa vendedora que fui, para sempre atender o freguês da melhor maneira possível, sem olhar se ele é branco, preto, pobre, rico, bonito ou feio. Atender com todo carinho, não importa se um esteja usando salto e outro chinelo de dedo. Atender com educação, não tapear o cliente, não mentir de jeito nenhum. Se vocês quiserem crescer na vida, sejam sempre sinceros e honestos.”

Com seu jeito simples, mas absolutamente inspirador, ela sintetizou a missão daquela que é hoje uma das maiores empresas do país: incluir, ao trabalhar para que o maior número possível de brasileiros tenham acesso a produtos e serviços que melhorem suas vidas.

Muitos não sabem, mas a personagem Lu, do Magalu, que hoje é um ícone da marca, foi inspirada na Dona Luiza. A ideia inicial foi chamá-la de Tia Luiza, tamanha era a admiração e o carinho que os colaboradores tinham por ela.

Luiza Trajano Donato não teve filhos. Durante quase toda a vida dividiu amor, atenção e energia entre o Magazine Luiza e sua família. No início da década de 90, escolheu uma sobrinha – Luiza Helena Trajano – como sucessora. A empresa criada por Tia Luiza demonstrou, ao longo de seus mais de 65 anos, uma incrível capacidade de se transformar, se renovar sem abrir mão de seus valores. E, assim, perenizar o sonho e cumprir a missão de sua fundadora.”

Leia também: Carrefour, Assaí e Magazine Luiza são as maiores varejistas do Brasil, aponta IBEVAR