O mercado de bens duráveis no Brasil cresceu 1,8% entre 2011 e 2012. Um estudo realizado no varejo brasileiro pela GFK mostra que as 75 categorias avaliadas neste setor movimentaram R$ 97,4 bilhões no ano passado. O maior impulso foi dado pelos produtos ligados ao entretenimento, incluindo 14 categorias tais como brinquedos, games, TVs de tela fina, notebooks, smartphones, entre outros, cujas vendas aumentaram em 5,5%, totalizando R$ 61,3 bilhões. O ganho de importância do segmento de entretenimento nas vendas totais do mercado de bens duráveis saltou para 63%, contra 61% em 2011. Os números foram apresentados na 9ª Conferência Anual GfK Consumer Choice.

varejo,pesquisa ,crescimento,gfk,bens duráveis