Marketing de guerrilha: carnaval, picolé, cerveja e Tinder fazem parte da divulgação de filme independente Bruno Mello 31 de janeiro de 2023

Marketing de guerrilha: carnaval, picolé, cerveja e Tinder fazem parte da divulgação de filme independente

Publicidade

Para alcançar espectadores em todo o país, a produtora IHC (International House of Cinema, que, apesar do nome, é brasileira) está apostando em estratégias que aliam criatividade, custo acessível e alcance para divulgar o filme Coração de Neon. Gravado no bairro Boqueirão, na capital paranaense, o longa narra a história de pai e filho que desejam levar o Coração de Neon — um carro de telemensagem também chamado de Boquelove — para os Estados Unidos. No entanto, uma tragédia muda os planos da dupla. 

Com financiamento próprio e sem usar leis de incentivo, o filme, que estreará em março de 2023 em pelo menos 150 salas, das redes líderes de mercado Cinemark, UCI e Cinesystem, seguiu à risca a receita do cinema de guerrilha. Para fazer a história chegar mais longe, os produtores Lucas Estevan Soares e Rhaissa Gonçalves apelaram para ações de Marketing de guerrilha. 

Para fortalecer o Coração de Neon na capital paranaense, onde foi produzido, a produtora levará o carro de telemensagem para o bloco curitibano Carnaval Nerd, que será realizado em 18 de fevereiro. O “Boquelove”, como o veículo é apelidado no filme, agitará a festa. A presença não teve nenhum custo para o IHC.  

Mirando em estratégias de licenciamento – modelo de negócio que reverte para a Disney US$55 bilhões em vendas anuais de produtos –, a produtora fez uma parceria com a rede Los Paleteros, precursora da onda das paletas mexicanas, que levará o pôster de Coração de Neon para a embalagem da paleta mais vendida da marca, o sabor morango com leite condensado. São em média 200 mil sorvetes, espalhados em mais de dois mil freezers por todo o Brasil. 

Nessa mesma lógica, a IHC encontrou um outro caminho para divulgar o filme em novos territórios. A aposta é uma cerveja artesanal oficial, que receberá um rótulo personalizado para o filme Coração de Neon. Em parceria com a WayBeer, o produto chegará às grandes redes de supermercados no início de 2023. O sabor escolhido é a premiada e clássica Red Ale da marca. 

A Tropical Banana, uma rede presente no Paraná e em Santa Catarina que vende em média quatro mil sucos por dia apenas nos principais shoppings curitibanos, também está apoiando o longa. Para a ação, os copos distribuídos terão elementos do filme — como a foto dos personagens e um QR code que direciona para o trailer. 

Mas a ideia mais inusitada – e que já conquistou fãs para o filme – foi a do Tinder. A equipe criou um perfil para o protagonista, Fernando, interpretado pelo diretor do longa, Lucas. Na bio do perfil já estava sinalizado que tudo era uma brincadeira. Mas a informação não impediu os matches. Com as conexões, os produtores enviavam mensagens e divulgavam o trailer de Coração de Neon. De aproximadamente 10 mil likes, 4 mil se converteram em combinações — e possíveis espectadores para o cinema. 

Região de Curitiba é a linha de frente na estratégia 

Além da projeção nacional, a IHC quer fortalecer a aderência de Coração de Neon regionalmente. Para fomentar a participação da comunidade local nos cinemas, a produtora criou um plano de Marketing personalizado para a audiência paranaense.  

Para não fugir dos olhos do público, Coração de Neon também estará presente em outdoors — primeiro na capital paranaense e posteriormente em outras grandes cidades brasileiras — e nas TVs de 600 ônibus que circulam por Curitiba, estimando-se um impacto diário de 300 mil pessoas, e também nos terminais do transporte público, alcançando em média cerca de 40 mil pessoas por dia em cada terminal. Para conquistar os espaços, a produção recebeu apoio das empresas de mídia offline da AMPLA Outdoor e da Midialand, que levará o filme para painés de LED em Porto Alegre.  

O Boquelove também entrará em ação para divulgar o longa. Não se surpreenda se nos próximos meses você deparar com um carro de telemensagem neon distribuindo declarações de amor pelas ruas de alguma capital brasileira.  

Leia também: “Marketing de influência precisa criar uma integração e alavancar conexões”, avalia diretora do Grupo Soller


Publicidade