Grupo Ferrero lança Kinder Tronky de olho na geração Z Bruno Mello 25 de abril de 2023

Grupo Ferrero lança Kinder Tronky de olho na geração Z

Publicidade

Com produtos focados em crianças e adolescentes, a Kinder apresenta mais uma inovação em 2023. Atenta ao crescimento da geração Z, a marca apostou no Brasil como um dos países-chave para testar a ampliação de seu catálogo, que passa a contar com um novo snack, focado em jovens adultos, o Kinder Tronky. A novidade possui casquinha crocante, recheio de creme de leite, chocolate e pedaços de biscoito.

A escolha da companhia e da marca, presente em solo brasileiro desde 1994, não ocorre por acaso. Sem perder a essência nem deixar de lado o público infantil, a novidade passa a integrar o portfólio com outros cinco produtos vendidos no país, ampliando a variedade para os jovens consumidores. Além disso, o lançamento servirá para acelerar a participação da Ferrero na disputa com outras gigantes do mercado de chocolates, sabiamente atentas ao potencial deste público.

Dados da empresa de consultoria McKinsey, divulgados ainda em 2021, já indicavam o alcance e poder deste grupo. Há dois anos, apenas no Brasil, a Geração Z já representava 20% da população do país, algo em torno de 25 milhões de pessoas economicamente ativas, com bom poder de compra e enorme capacidade de influenciar os resultados de vendas, inclusive no varejo.

Para a Diretora de Marketing de Kinder para América do Sul, Daniela Spila, o Brasil se tornou polo essencial para compreender as mudanças nos perfis de consumidores e mercado central para mensurar o impacto dos novos comportamentos do público. Segundo a executiva, foram exatamente os números que basearam a criação da estratégia liderada por Kinder.

“O Brasil é o segundo mercado no qual o grupo está apostando para a distribuição da novidade, ficando atrás apenas da China. Tamanha exclusividade confirma a visibilidade do comércio brasileiro para o a Ferrero e reforça o compromisso da companhia em continuar expandindo Kinder na América do Sul”, comenta.

Tendências
De olho em outras tendências, a porta-voz da Ferrero explica ainda que outros fatores contribuíram para reforçar a aposta no mercado brasileiro. “O crescimento do segmento de snacks no país também impulsionou nosso planejamento”, diz. A análise de Spila pode ser validada pelas informações apontadas pela a Euromonitor International. Segundo a consultoria, até 2026, a estimativa é de que as vendas desse tipo de produto cheguem a R$ 89,3 bilhões, gerando um salto de 11,6% acima do que faturava há cinco anos.

“Com o crescimento do mercado snacks no Brasil, o Kinder Tronky passa a ser um produto muito estratégico, passando a representar mais de 10% do total das vendas de Kinder nacionalmente. Outro fator importante é que, sendo termorresistente, conseguiremos realizar a distribuição nacional e garantir a qualidade na ponta. A expansão do portfólio também é muito significativa para nós, pois Kinder terá oportunidade de fazer parte do dia a dia de uma base maior de consumidores e entrará em novas ocasiões de compra”, comenta Daniela.

Expansão no Brasil
Terceira maior empresa no setor de chocolates do mundo, a Ferrero tem reforçado ano a ano sua presença no mercado brasileiro e sul-americano. Prevendo um crescimento de duplo dígito nos próximos 12 meses, a partir de investimentos de mais de R$ 24 milhões na região, a aposta tem sido a regionalização. Assim, produtos como Hanuta, Kinder Creamy e agora, Kinder Tronky, chegam às prateleiras.
Para assegurar vendas bem-sucedidas, além da diversidade de sabores, formatos e a inegociável qualidade atrelada ao que é comercializado pela Ferrero, Spila explica ainda que outras mudanças vêm sendo incorporadas ao negócio: as estratégias digitais. “Sabemos que a geração Z é altamente conectada à tecnologia e à internet. Por isso, toda a campanha e estratégia de comunicação deste lançamento foi pensada com este foco”.

Leia também: Como as empresas devem se preparar para atender a Geração Z com eficiência


Publicidade