Atualmente, aliar saúde, conveniência e praticidade na rotina alimentar é um dos maiores desafios dos brasileiros. Diversas pesquisas de tendências de comportamento e consumo revelam um crescente interesse do consumidor por alimentos que sejam, ao mesmo tempo, práticos e nutritivos. Um estudo realizado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) confirma a tendência, revelando que 80% dos brasileiros buscam por uma alimentação saudável.

Por outro lado, pesquisa recente da consultoria Kantar registrou um aumento de consumo dos lanches e queda no consumo de refeições completas, tendo em vista que é preciso desembolsar, em média, mais de R$ 40 para se alimentar fora de casa. Uma novidade que nasceu em Curitiba chega para mudar esse cenário. Trata-se da  Bean Go!, uma rede de franquias de foods to go (comidas para levar, em tradução livre), que disponibiliza refeições prontas à base de feijão, sem conservantes e aditivos químicos, com o característico sabor e know-how da indústria paranaense Caldo Bom Alimentos. 

O grupo possui mais de 50 anos de história no segmento alimentício e atua, hoje, em 483 cidades de 12 estados brasileiros com mais de 150 produtos no portfólio. A gigante do ramo anunciou em 2022 e inaugurou oficialmente em 2023, uma rede de franquias de alimentos à base do feijão to go, com investimento de R$ 5 milhões, referente a desenvolvimento, análise e estudo de produtos, linha específica de maquinários, consultorias e primeira loja teste. Neste valor não está contemplada a infraestrutura das unidades de produção da Caldo Bom, que já estava em pleno funcionamento.

“O processo de estudo e criação do projeto Bean Go! se deu atendendo às visões de mercado presente e futuro. Queremos oferecer aos consumidores, que estão cada vez mais migrando e se interessando por refeições prontas e práticas, a continuidade de nossos produtos. Uma empresa tem que estar atenta à demanda de mercado e é isso que fazemos. Visamos somar ao que já conquistamos”, contou Alexandre Stival, CEO do Grupo Caldo Bom, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Saiba mais sobre a Bean Go!: Caldo Bom inaugura Bean Go! fast-food de feijoada

Mundo do Marketing – Ir para o varejo e criar um novo braço de negócio para a Caldo Bom foi uma estratégia pensada há quanto tempo? Como foi esse processo? Quais cuidados vocês estão tendo?

Alexandre Stival – A ida para o varejo vem sendo estudada há muitos anos, mas ainda não tínhamos nos deparado com uma oportunidade tão interessante como a Bean Go!. Nosso objetivo não era levar para o varejo os mesmos produtos que já vendemos há mais de 50 anos nos supermercados. Priorizamos e estudamos projetos que tragam algo novo por diversos motivos, sendo os principais: não queremos criar concorrência com os nossos próprios clientes e também porque entendemos que os produtos que operacionalizamos nos supermercados não têm aderência para lojas próprias.

O processo de estudo e criação do projeto Bean Go! se deu atendendo às visões de mercado presente e futuro. Queremos oferecer aos consumidores, que estão cada vez mais migrando e se interessando por refeições prontas e práticas, a continuidade de nossos produtos. Uma empresa tem que estar atenta à demanda de mercado e é isso que fazemos. Visamos somar ao que já conquistamos. 

Mundo do Marketing – Quais são as praças escolhidas para a Bean Go! e como será a estratégia de comunicação nesses locais? Pode antecipar onde serão as primeiras inaugurações? 

Alexandre Stival – O objetivo é atingir não só o Brasil, como diversos países. A Bean Go! foi delineada e projetada de forma que possa ser montada em qualquer local do mundo. Intencionalmente, optamos pelo nome do projeto em inglês, porque acreditamos e queremos que esse prato brasileiríssimo atravesse fronteiras. Sem contar que é de fácil pronúncia e se relaciona com a palavra bingo, que nos traz um sentimento de conquista! Nós sabemos que, em qualquer lugar do mundo que vivam brasileiros, o feijão e a feijoada serão sempre bem-recebidos! No momento, a Bean Go! possui uma loja em operação em Curitiba, uma loja em Ponta Grossa que está em construção (prazo para abrir é de, no máximo, três meses) e outras cinco em fase final de negociação (nas regiões Sudeste e Sul). 

Mundo do Marketing – Quantas variedades terão no cardápio? Os variados tipos de feijão serão disponibilizados?

Alexandre Stival – Nosso cardápio é bem variado, possui 14 combinações distintas e utiliza variedades de feijão, preto, carioca, branco, vermelho, lentilha etc. Além do feijão, temos opções de fagioli (feijão com macarrão), caldinho, ovos mexidos, porção de torresmo e seis tipos de sobremesas, como a popular canjica.

Mundo do Marketing – É possível regionalizar opções?

Alexandre Stival – Seria possível, mas a maioria dos pratos é de consumo nacional. Em caso de necessidade, podemos criar pratos regionalizados, mas o feijão e a feijoada são pratos nacionais e, quiçá, mundiais. Isso facilita a expansão do projeto.

Mundo do Marketing – Qual é a estratégia de Marketing da marca?

Alexandre Stival – Entendemos que esse é um projeto muito inovador. A Bean Go! nasceu para resgatar o sabor da comida da avó e daquele prato da infância. Todos pensam no arroz e feijão como um alimento afetivo que sacia e agrada. Sabemos que a oferta e a procura por comidas práticas e saudáveis têm crescido cada vez mais. As opções de fast food que encontramos são caras e não muito saudáveis. Por isso, resolvemos lançar um fast food real, que não fosse junk food. Percebemos essa brecha no mercado e aproveitamos a nossa expertise nesse ramo para lançar a primeira rede de franquias do país de pratos à base de feijão.

Mundo do Marketing – Qual é a expectativa de vendas?

Alexandre Stival – De acordo com o planejamento estratégico da companhia, neste ano, devem ser inauguradas 100 unidades da rede to go. Em quatro anos, o objetivo é ter 500 lojas. A respeito dos valores de vendas, não podemos divulgar por se tratar de estratégia comercial. 

Leia também: Lifestyle, Cultura e Arte: a estratégia da marca Tiger no Brasil