Publicidade
           
     

Como selecionar métricas de avaliação para campanhas digitais

Dúvidas sobre quais métricas adotar podem ser sanadas com o alinhamento das campanhas com o funil de Marketing


Por Ian Cândido - 31/01/2023 Campanhas digitais - Estratégia de Marketing - Funil de Marketing - Squid - Últimas notícias
Como selecionar métricas de avaliação para campanhas digitais

Não é segredo que as métricas figuram entre os principais aliados do profissional de Marketing. A partir da análise dos números, é possível, entre outras coisas, identificar tendências ou avaliar a performance de campanhas específicas – fatores primordiais para o sucesso operacional de uma empresa.

Nesse cenário, o xis da questão pode apresentar uma pequena dicotomia vantagem/desvantagem: enquanto o lado positivo é composto pela grande variedade de métricas eficazes para situações cada vez mais específicas, o lado negativo – facilmente contornável e nem sempre uma realidade – ganha força ao redor de possíveis dúvidas a respeito de quais seriam as métricas aplicáveis a um determinado caso.

A tarefa de sanar eventuais dúvidas torna-se mais fácil ao alinhar as partes do funil de Marketing ao objetivo da atual campanha. “Em campanhas de awareness, voltadas para trazer visibilidade para a marca ou divulgar um novo produto, é preciso impactar as pessoas. Para avaliar o impacto, duas métricas são importantes: alcance e impressão, que deverão ser aplicadas sob o topo do funil”, explica Felipe Oliva, CEO da Squid.

Seguindo o fluxo do funil, encontra-se a camada intermediária, composta por leads que já interagiram com a marca. Nesta etapa, as métricas utilizadas devem ser capazes de medir os níveis de consideração cultivados durante as interações. “Atenção para o engajamento – likes, comentários e interações – nas redes sociais, é um bom parâmetro de medida”, prossegue o CEO. 

Finalmente, a análise do fundo do funil sugere métricas que deverão oferecer números sobre a decisão dos potenciais clientes. “É interessante olhar para as métricas de clique, conversão e cadastro. Ao ver o conteúdo, quantas pessoas tomaram a iniciativa de clicar, ir para o site e até comprar o produto? As métricas responderão a esta questão”, finaliza Oliva.

No Clube Mundo do Marketing, Felipe Oliva analisou o mercado de Marketing de Influência e ofereceu dicas para os profissionais que desejam fortalecer a presença nas redes sociais. Clique aqui para acessar:

*Com supervisão de Priscilla Oliveira e Bruno Mello.

Publicidade

Conteúdo relacionado

Marcas precisam construir culturas duradouras

Marcas precisam construir culturas duradouras


Por que a Shell escreveu uma novela para falar de transição energética na televisão

Por que a Shell escreveu uma novela para falar de transição energética na televisão


Protegendo a reputação da sua marca

Protegendo a reputação da sua marca


Receba grátis nossa Newsletter!

Fique por dentro de todas as novidades do Mundo do Marketing

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Patrocinadores

Patrocinadores

Redes sociais

Publicidade