Como as marcas usam o vídeo mapping para ganhar visibilidade em eventos e divulgar campanhas com inovação Bruno Mello 13 de janeiro de 2023

Como as marcas usam o vídeo mapping para ganhar visibilidade em eventos e divulgar campanhas com inovação

         

Projeções mapeadas passam a ser uma tendência nas ações de Marketing das empresas que querem encantar clientes e consumidores

Publicidade

Ativar uma marca vai muito além de fazer com que ela seja lembrada pelo seu público. É preciso investir em um planejamento detalhado, que trabalhe o posicionamento através de ações e que conquistem o coração do consumidor. Ações que geram conexão emocional e promovem experiências únicas, com foco em interação e engajamento, são lembradas pelos consumidores pelo resto de suas vidas e geram identificação com a marca. 

Por isso, uma tendência que tem sido bastante procurada pelas empresas para ativar suas marcas e gerar grande impacto em eventos e campanhas é o vídeo mapping. Com essa tecnologia é possível projetar conteúdos visuais e vídeos em grandes estruturas arquitetônicas, monumentos, edifícios, fachadas, estádios, entre outros inúmeros tipos de espaços. 

Para Felipe César, gerente de Marketing da Faro Ag, agência especializada em ativação de marca, por meio da estratégia é possível criar soluções personalizadas para cada projeto de cada cliente, levando em conta o objetivo da ação e para quem ela está sendo pensada. O executivo reforça que este é um mundo de possibilidades que permite criar campanhas e ações de impacto e resultado.

Cases de video mapping

Grandes nomes já adotaram o vídeo mapping para divulgar seus produtos, ações ou posicionamento. É o caso da Karcher, que fez uma projeção exclusiva no Cristo Redentor para divulgar que ela é a empresa responsável pela limpeza do monumento desde 1980. 

Os principais clientes da Karcher foram convidados para assistir a projeção ao vivo, com a linda vista que o Corcovado proporciona, e também puderam subir nos braços do Cristo. “O desafio desta projeção foi contar um pouco do trabalho que a Karcher faz na limpeza de monumentos ao redor do mundo para que as pessoas vivam momentos monumentais. O vídeo mapping projetado no Cristo foi utilizado pela empresa e, posteriormente, em seus canais de comunicação para falar com seus demais públicos”, contou César. 

Outro exemplo foi a projeção mapeada da identidade da cerveja Beck’s para a primeira edição do Primavera Sound no Brasil, na parede do Miúda, em São Paulo – um dos estabelecimentos que contou com a ação de Bitter Tickets. Ou seja, uma ativação em bares para promover a experiência do sabor amargo em troca de ingressos para o festival. O objetivo foi trazer visibilidade ao Primavera Sound e para a marca patrocinadora oficial, ativando-os em estabelecimentos que conversam com a identidade e público-alvo de Beck’s. 

Para criar uma narrativa audiovisual de resultados através do uso do vídeo mapping é preciso contar com profissionais que conheçam muito além da tecnologia de uma projeção mapeada. “Antes de criar uma ativação de marca que usa esse recurso, precisamos falar de branding. Uma ação de vídeo mapping isolada não vai trazer bons resultados se não houver planejamento, conhecimento da marca, do público e dos objetivos de comunicação do cliente”, finaliza o gerente de Marketing. 

Leia também: 4 tendências para o setor de publicidade e Marketing


Publicidade