O Carnaval 2024 já começou e trouxe consigo uma diversidade de tópicos para discussão. Pensando na visibilidade proporcionada pela folia, uma aliança formada por Childhood Brasil, Instituto Liberta, Comitê Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, Faça Bonito e Rede ECPAT Brasil, lançou a campanha “Unidos da Proteção”.

A ação, que se baseia em um samba que carrega o mesmo nome da campanha, visa conscientizar a sociedade sobre os casos de abuso sexual que ocorrem durante o Carnaval e evidenciar os canais de denúncia. A melodia foi composta por Cris Scabello, líder do Bixiga 70, e foi lançada no último sábado (3) durante o desfile da versão infantil do bloco Sainha de Chita.

Segundo Laís Peretto, diretora executiva da Childhood Brasil, a visibilidade da campanha pode ser crucial para o aumento das denúncias em casos de abuso. Ela ressalta que, no país, apenas 10% das ocorrências são reportadas às autoridades, e portanto, a conscientização se faz necessária para que o país entenda a urgência desta causa.

As instituições reforçam que períodos de grandes eventos e festas costumam ter um número maior de situações de violações de direitos de crianças e adolescentes. As denúncias para casos de abuso podem ser feitas pelo canal de denúncias Disque 100, serviço do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania.

Leia também: Carnaval 2024: cinco grupos de foliões e seus hábitos de consumo, segundo Logan

Clube Mundo do Marketing