Apple é a marca mais valiosa do mundo pelo 11º ano consecutivo, aponta Interbrand Bruno Mello 22 de novembro de 2023

Apple é a marca mais valiosa do mundo pelo 11º ano consecutivo, aponta Interbrand

         

2023 foi marcado por ganhos modestos em brand value para a maioria das marcas que aparecem no Top 5 do Ranking Best Global Brands

Apple é a marca mais valiosa do mundo pelo 11º ano consecutivo, aponta Interbrand
Publicidade

A Apple confirmou, pelo décimo primeiro ano consecutivo, sua posição no topo do Ranking Best Global Brands, divulgado anualmente pela Interbrand. Neste ano, o valor da marca comandada por Tim Cook cresceu 4% e chegou a casa dos US$ 502 milhões.

A cifra representa um aumento estimado em 412% no valor da marca desde 2013, ano em que a Apple atingiu a casa dos US$ 98 milhões em brand value e assumiu o posto de marca mais valiosa do mundo.

Para posicionar as marcas no Ranking, a Interbrand considera três parâmetros: o desempenho financeiro dos produtos ou serviços das marcas, a influência das marcas nas decisões de compra dos consumidores e a força competitiva das marcas, o que passa pela capacidade de fidelizar clientes e garantir demandas sustentáveis e lucros futuros.

O Top 5 

Entre as empresas que compõem o Top 5, a Microsoft, segunda colocada, apresentou o maior ganho de valor (14%) em relação ao ano passado. O valor da marca alcançou a casa de US$ 316 milhões. Em 2022, o valor calculado pela Interbrand foi de US$ 278 milhões e, ao longo dos últimos dez anos, o brand value da Microsoft cresceu 435%.

Já o brand value da terceira colocada, Amazon, teve crescimento mínimo (1%) entre 2022 e 2023. O valor da marca chegou a casa de US$ 276 milhões. O baixo nível de avanço põe fim a uma curva de sucessivos e expressivos aumentos registrados pela Amazon desde 2018.  Naquele ano, o brand value da marca foi estimado em US$ 100,7 milhões.

Embora não tenha sido tão significativo quanto o que foi registrado em anos anteriores, o aumento (3%) do valor de marca do Google, estimado US$ 260,2 milhões em 2023, confirmou a continuação do crescimento em brand value da marca retomado em 2020, ano em que os cálculos do valor da marca apresentaram queda de US$ 2 milhões em comparação a 2019.

Fechando o Top 5, a Samsung, a exemplo da Apple, cresceu 4% em comparação ao ano passado e chegou à casa de US$ 91,4 milhões em brand value. A empresa sul-coreana é a responsável por uma das maiores curvas de ascensão histórica desde 2020, ano em que o valor da marca foi estimado em US$ 62,2 milhões – um crescimento de 46,7% nos últimos três anos.

Outros destaques 

Em um ano de crescimentos modestos, o Airbnb (46ª no ranking) se destacou como a marca que mais cresceu em 2023, tendo aumentado o seu valor, US$ 16,3 milhões, em 21,8% em comparação ao ano passado.

O aumento significativo no valor da marca da empresa se deve em parte ao forte investimento na marca e perspectivas financeiras sólidas. A receita do Airbnb aumentou 40% em 2022 em comparação a 2021 e estimativas apontam um crescimento de 13% em 2023 na comparação com 2022.

Já o valor das marcas automotivas aumentou 9% em 2023, com a BMW (10º colocada no Ranking) entrando no top 10 pela primeira vez. Porsche (47º), Hyundai (32º) e Ferrari (70º) alcançaram taxas de crescimento de dois dígitos e representam três das cinco marcas que mais cresceram.

Leia também: Você conhece o valor da sua marca?

Brand Finance - Clube Mundo do Marketing


Publicidade