A evolução do mercado de performance: do lead ao usuário Bruno Mello 3 de abril de 2023

A evolução do mercado de performance: do lead ao usuário

         

Na busca por campanhas aderentes e interações que mantenham um excelente padrão de qualidade, é preciso reconhecer a complexidade por trás da fidelização

Publicidade

O mercado atual é marcado pela digitalização e isso tem provocado desafios para as empresas. Os hábitos de consumo mudaram e as companhias precisam adequar seus processos de marketing para não prejudicarem suas operações. Com isso, surgem demandas para que os departamentos comerciais não fiquem presos a um passado já superado no Brasil e ao redor do mundo, correndo o risco de não só perderem oportunidades, como comprometerem o andamento e o crescimento dos negócios.

De fato, reconhecer e acompanhar o avanço do ambiente digital é importante para melhorar a estratégia. Ter um alto nível de performance em todos os passos da jornada de fidelização é vital. Para tanto, é recomendável seguir alguns princípios, a exemplo de uma política de vendas eficaz, com opções diversificadas e um bom apoio analítico – mesmo que seja necessário o suporte de um parceiro especializado. 

Também é verdade que muitas organizações têm se movimentado para aderir à tecnologia. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Google, seis em cada dez empresas alcançaram, em 2022, estágios consolidados de maturidade digital. Isso significa, em outras palavras, companhias que foram capazes de converter a inovação em medidas positivas para a relação com os consumidores.

Fortalecendo a performance em todas as mídias

Quando consideramos plataformas de mídia online, mobile e web, formatos que lideram setores importantes no país, o gestor encontra uma ótima possibilidade de contribuir para o amadurecimento digital da empresa, com a consequente conquista de leads e prováveis novos clientes. O caminho, claro, passa por um salto nos índices de engajamento, cliques e impressões. 

Visando a criação de vínculos com quem tem interesse pelos serviços ou produtos ofertados, entendo que os esforços devem priorizar uma abordagem personalizada, com o apoio de técnicas que potencializem o alcance e a própria efetividade das campanhas publicitárias. Pensando em meios de otimizar etapas e aumentar as chances de uma conversão acontecer, é fundamental contar com informações confiáveis, relatórios detalhados e ferramentas de tracking. 

Logo, com todas essas iniciativas colocadas em prática, a atuação deve ser resguardada por uma área comercial preparada para atender os leads entregues da melhor maneira, com agilidade e comprometimento. O lead é apenas o início da jornada, é a área comercial que tem o papel de finalizá-la. Outro aspecto que merece destaque e faz diferença para a obtenção de melhores resultados é ter condições para ajustar rotas, de acordo com exigências que possam aparecer durante o período de fidelização. 

Por fim, é essencial pensar sob a perspectiva do usuário, dispondo de soluções que assegurem uma performance de ponta. Investir em métodos de análise e desempenho é um ponto de partida ideal para empresas compromissadas com esse objetivo, as deixando em sintonia com um mercado que não para de evoluir. 

*Giuliano Sarzana é Founder da NeoLeads. Especialista no segmento de marketing digital, possui Pós-Graduação em Marketing e MBA em Gestão, além de mais de 15 anos de experiência no mercado, tendo fundado a primeira empresa de leads do Brasil.


Publicidade