55% dos compradores de flores são mulheres Bruno Mello 5 de fevereiro de 2024

55% dos compradores de flores são mulheres

         

Levantamento da Giuliana Flores aponta que maioria são millenials e da geração Z; homens representaram 45% das entregas em 2023

55% dos compradores de flores são mulheres
Publicidade

Mais da metade dos consumidores de flores são mulheres, aponta uma pesquisa interna feita pela Giuliana Flores. As mulheres despontaram como as principais compradoras, representando mais da metade (55%) em comparação com os homens (45%). A faixa etária predominante entre as clientes é dos 25 aos 34 anos, totalizando (32%) do público, seguida de 18-24 anos (23%), 35-44 anos (22%), 45-44 anos (11%), 55-64 anos (7%) e 65+(5%). Vale ressaltar que o ticket médio chegou a R$ 200,00.

Os itens mais apreciados incluem rosas, orquídeas, astromélias, rosas encantadas e flores do campo, respectivamente. A rosa encantada é submetida a técnicas especiais que favorecem o aspecto real da espécie e permitem que viva por até três anos.

O marketplace emerge para atender uma parcela de consumidores que, desde cedo, estão familiarizados com as plataformas digitais. A Giuliana Flores encerrou o ano de 2023 com crescimento de quase 20%. A companhia está direcionando investimentos estratégicos para ampliar sua presença e atrair uma base ainda mais extensa de clientes, visando atingir a meta de aproximadamente um milhão de entregas até o final de 2024.

Um relatório recente da Agência Conversion apontou que 83% dos brasileiros, entre 16 e 30 anos, prioriza e-commerces reconhecidos no momento de comprar. Pensando em atender esse público, a empresa segue investindo em inovação. É o caso do Clube da Giu, serviço de assinaturas no qual os participantes recebem em casa todos os meses um kit temático com diferentes espécies selecionadas. A caixa ainda inclui vaso personalizado, sachê perfumado, flowerfood para aumentar a durabilidade das plantas, playlist exclusiva no Spotify e um embrulho especial repleto de dicas e conteúdos.

Clóvis Souza, fundador e CEO da Giuliana Flores, contou que considerando que as mulheres são a maioria no Brasil, não é surpreendente vê-las como principais clientes no comércio on-line de flores. Ele aponta que existe uma geração que cresceu utilizando as facilidades da internet e que coloca a web como prioridade ao comprar presentes.

Leia também: Censo IBGE: mais mulheres e mais idosos no Brasil. Saiba como os dados podem ajudar a sua marca

Clube Mundo do Marketing


Publicidade