Meta lançará Threads, sua versão concorrente do Twitter, dia 6 Bruno Mello 4 de julho de 2023

Meta lançará Threads, sua versão concorrente do Twitter, dia 6

         

Lembrete do lançamento pode ser adicionado diretamente em caixa de busca do Instagram

Meta lançará Threads, sua versão concorrente do Twitter, dia 6
Publicidade
Oferta Antecipada Prime Day

O concorrente do Twitter da Meta, o Instagram Threads, tem previsão de lançamento para o dia 6 de julho, de acordo com a listagem do aplicativo na App Store que mostra uma versão pronta para o iPhone da Apple. A Meta também adicionou um teaser da data de lançamento ao aplicativo do Instagram. Ao digitar “thread” na caixa de pesquisa, um ícone de tíquete aparece na barra de pesquisa. Ao tocar nele, um tíquete giratório aparece para mostrar seu nome de usuário do Instagram ao lado de um horário de lançamento local no dia 6.

O ticket giratório também inclui um código QR com links para a página threads.net, que leva para outro código QR para baixar o aplicativo. Para quem possui iPhone, é possível entrar na lista de espera, já os usuários de Android devem aguardar um pouco mais. As capturas da App Store mostram como será a interface do app, que parece com Twitter, Mastodon, Bluesky ou qualquer outro aplicativo social com foco em texto.

A notícia do lançamento do Threads vem depois de alguns dias particularmente confusos em seu principal rival, o Twitter. Na semana passada, a rede de mídia social de propriedade de Elon Musk impediu que usuários não registrados pudessem ver tweets e implementou limites de taxa temporários para aqueles que estão logados que podem bloquear o usuário depois de ler centenas ou milhares de postagens em um dia.

Essas mudanças levaram a problemas generalizados no fim de semana, com os usuários sendo incapazes de navegar no serviço e as taxas de entrega de anúncios serem derrubados rapidamente. Outra mudança implantada pelo Twitter está a de passar a cobrar pelo uso do TweetDeck, uma ferramenta usada por muitos profissionais de mídia social.

Leia também: Alternativa da Meta ao Twitter deve impactar a vida dos criadores de conteúdo

Publicidade

Surfando nas perdas e danos do Twitter

O Bluesky passou a limitar a adesão de novas contas para corrigir erros na plataforma, o Mastodon segue com a mesma estratégia e sem problemas, já o Koo continua surfando nas polêmicas envolvendo o CEO do Twitter.

A rede social indiana segue crescendo como plataforma de microblog. Depois do primeiro boom no Brasil, a rede social indiana anunciou o lançamento de novos recursos proativos de moderação de conteúdo desenvolvidos para fornecer aos usuários uma experiência mais segura nas mídias sociais.

Os recursos, desenvolvidos in-house, são capazes de detectar proativamente e bloquear qualquer tipo de material de nudez ou de abuso infantil em menos de cinco segundos, taxando ainda a desinformação, escondendo comentários tóxicos e discursos de ódio da plataforma.

Apesar de ser concorrente direto do Twitter é diferente em filosofia, experiências e recursos disponíveis aos usuários. O primeiro é o Multi-Lingual Kooing (MLK), um recurso proprietário do Koo, que permite aos usuários postarem em seu idioma de origem, e, então, traduzir o post para múltiplos idiomas de sua escolha em apenas uma tela. Está disponível em mais de 20 idiomas. Outra diferença é a verificação gratuita.

“Acreditamos em dar o poder e o controle aos usuários e creators para criar um mundo em que eles desejem viver. Nossa missão é unir o mundo que está dividido por barreiras linguísticas e dar aos usuários a liberdade de se expressar no idioma de sua escolha”, contou Mayank Bidawatka, cofundador do Koo, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Leia a entrevista na íntegra: A estratégia do Koo para se tornar a principal rede de microblog do mundo


Publicidade
Prime Day