Fórmula 1 e AWS apresentam primeiro troféu projetado por IA generativa Bruno Mello 6 de junho de 2024

Fórmula 1 e AWS apresentam primeiro troféu projetado por IA generativa

         

Grand Prix do Canadá, neste fim de semana, receberá o primeiro troféu projetado por IA generativa

Fórmula 1 e AWS apresentam primeiro troféu projetado por IA generativa
Publicidade

A Amazon Web Services (AWS), parceira do título Formula 1 AWS Grand Prix Du Canada 2024 deste fim de semana, lançará o primeiro troféu da categoria  inspirado em inteligência artificial generativa. Após explorar uma série de designs de troféus tradicionais e aplicar a tecnologia, a AWS criou um troféu inspirado na pesquisa de desenvolvimento do carro de F1 de 2022, no qual a sua tecnologia de nuvem foi usada para ajudar a formular o design.

Ele representa a esteira aerodinâmica de um carro de F1 com detalhes que celebram o país de origem da corrida, incluindo uma folha de bordo e o rio Saint Lawrence, em Montreal. O troféu foi criado por um ourives do Reino Unido, mesclando novas tecnologias com as tradições da Formula 1.

Desde 2018, a colaboração com a AWS leva os dados para dentro e fora da pista, tendo sido responsável pelo desenvolvimento do carro de F1 de última geração, lançado em 2022. Há ainda o F1 Insights, que oferece uma experiência de visualização aprimorada para os fãs, orientada por dados, que se tornou um aspecto fundamental da transmissão das corridas.

A introdução da IA generativa continuará fazendo parte nesta parceria da AWS com o esporte, a fim de impulsionar a criatividade e novas soluções, além de aumentar a eficiência operacional.

Próximos passos

Publicidade

A empresa está desenvolvendo o Statbot, que utilizará a IA generativa para analisar dados históricos dos arquivos da F1 fornecendo à equipe de produção de transmissão os principais fatos e estatísticas, retornando com respostas a perguntas específicas. Atualmente, a equipe faz a pesquisa manualmente na preparação e durante os finais de semana de corrida, mas com o Statbot poderá obter as respostas com muito mais rapidez durante a transmissão.

A F1 também está trabalhando com a AWS para aplicar a IA generativa ao processo de análise de causa raiz (RCA) para identificar e abordar com mais eficiência a causa subjacente dos problemas tecnológicos que ocorrem fora da pista durante as corridas. Essa ferramenta permitirá que a F1 investigue erros do sistema fazendo perguntas aos dados registrados usando linguagem natural, melhorando a capacidade da F1 de manter o desempenho operacional máximo durante as corridas, minimizar o tempo de inatividade e garantir uma corrida perfeita para equipes, pilotos e espectadores.

Segundo Neil Ralph, diretor especialista do setor esportivo da AWS, os carros de Fórmula 1 geram milhões de pontos de dados por segundo. A F1 captura dados adicionais sobre os pilotos, circuitos, clima e a incrível história da própria F1. No centro dessa parceria está a capacidade de extrair insights valiosos de todos esses dados e com os recursos de IA generativa da AWS, a F1 elevará sua narrativa à medida que esses dados forem analisados sem esforço juntamente com eventos em tempo real, envolvendo os fãs com comentários mais dinâmicos e oportunos.

Leia também: Fórmula 1 fecha parceria regional com McDonald’s na América Latina

IA - Clube Mundo do Marketing


Publicidade