Copa do Mundo Feminina move campanhas em prol da igualdade de gênero Bruno Mello 19 de julho de 2023

Copa do Mundo Feminina move campanhas em prol da igualdade de gênero

         

Ações também promovem a representatividade feminina nos esportes como um importante pilar para o desenvolvimento de uma sociedade mais justa

Copa do Mundo Feminina move campanhas em prol da igualdade de gênero
Publicidade

Começa amanhã (20), na Nova Zelândia, a Copa do Mundo Feminina da FIFA. Nesta edição, mais do que celebrar o encontro de 32 seleções representantes de todos os continentes do planeta, o torneio máximo do futebol feminino promete ampliar discussões como representatividade e igualdade de gênero e mostrar, uma vez mais, que os campos de futebol são, de fato, um espaço natural para as amantes do esporte.

As discussões chegam em um momento que permite a percepção de tímidos avanços em prol da representatividade. Mesmo assim, não resta dúvidas de que ainda há muito a ser feito, tanto dentro do campo, quanto fora dele.

Para ilustrar o longo caminho a ser percorrido, a iStock, plataforma de e-commerce que fornece conteúdo visual premium, divulgou um estudo que aponta que apenas 13% dos conteúdos visuais mais baixados representam mulheres e garotas jogando futebol.

Por outro lado, a pesquisa também revela que 90% dos brasileiros concordam que organização e negócios de todos os tamanhos deveriam se esforçar para promover estrelas dos times femininos, e 85% esperam ver retratos autênticos de atletas mulheres, nos quais habilidades e atletismo sejam o foco em vez de beleza, glamour ou apelo sexual.

De olho no início do evento, nas discussões sobre representatividade e igualdade e nas expectativas do público, marcas e empresas se movimentam para acompanhar os 31 dias de torneio.

Publicidade

Veja o que algumas delas estão fazendo:

Jogue até eles não conseguirem parar de olhar

Patrocinadora oficial das Copas do Mundo FIFA, a Adidas mostra ter entendido o anseio do público por retratos autênticos das atletas. Para celebrar o evento, a empresa lançou a campanha “Jogue até eles não conseguirem parar de olhar”. Dedicada às estrelas da próxima geração Alessia Russo, Lena Oberdorf e Mary Fowler, a ação tem como objetivo colocar o futebol feminino em foco, inspirando outras jovens a seguirem esses passos.

No título da campanha, o pronome “eles”, naturalmente, não aparece por acaso. A peça consiste em uma série de filmes dinâmicos com um elenco de craques, como David Beckham, Leon Goretzka, Ian Wright, a atriz e fã de futebol Jenna Ortega, e o sete vezes melhor do mundo na modalidade, Lionel Messi. Essas estrelas juntam-se para celebrar o talento inegável de Russo, Oberdorf e Fowler em termos de visão, interceptação, potência, criatividade e precisão.

Destacando o poder representativo da campanha, a atacante da Seleção Inglesa, Alessia Russo, conta que, desde pequena sonhava em jogar na Copa do Mundo Feminina, e 2023 marcará a realização desse sonho. Vencedora da Eurocopa no ano passado, a atacante quer mostrar que é possível jogar em qualquer nível e inspirar a próxima geração de ícones do futebol.

A Rainha do Jogo do Bafo

Um dos momentos mais aguardados em anos de Copa é o lançamento do álbum de figurinhas oficial do evento. Neste ano, a Panini, responsável pela publicação do material no Brasil, se juntou à agência Integer/OutPromo e convocou da Rainha Marta, melhor jogadora da história do futebol brasileiro e maior artilheira da história das Copas do Mundo para protagonizar a campanha da editora mostrando seu talento em um outro “esporte” muito consagrado no país: o Jogo do Bafo.

A referência ao jogo que marcou a infância de muitos dá à Marta o título de Rainha também neste esporte, e busca incentivar a coleção das figurinhas desta edição. Ao todo, serão 580 cromos para representar as jogadoras das 32 seleções participantes – sendo 68 deles especiais.

A campanha será veiculada em diferentes formatos no universo digital e demais mídias, e os apaixonados por figurinhas e futebol já podem se aquecer para o torneio adquirindo o álbum oficial na loja online da Panini.

Sobre a parceria com Marta, a diretora de marketing Panini LATAM, Martina Limoni, explica que ao mostrar que a jogadora cultiva as mesmas brincadeiras e a mesma paixão por colecionar, comuns aos brasileiros, o álbum e suas figurinhas se tornam uma forma de aproximar ainda mais essa lenda do esporte mundial dos torcedores.

#NossaVez

O segundo comercial da campanha #NossaVez, criada pela Neoenergia, segue os passos da Panini e conta com o protagonismo de uma estrela da Seleção Feminina. Na peça, a atacante Geyse Ferreira recebe a bola do também atacante Rodrygo, que disputou a Copa do Mundo Masculina pelo Brasil no ano passado.

A companhia busca lançar luz sobre a importância da igualdade de gênero com o objetivo de levar o público brasileiro a refletir sobre o tema. Para isso, a peça lembra ao público que as jogadoras são as atuais campeãs da Copa América, e destaca que chegou a hora de incentivar a equipe verde-amarela no maior campeonato do mundo.

Compartilhando as próprias impressões sobre a campanha, Geyse pontua que o filme é uma grande iniciativa não só para mostrar a força feminina, como também para convidar a torcida a mandar toda a energia que as jogadoras irão precisar para encarar o desafio.

Além de apoiar as Seleções Brasileiras Femininas de Futebol, o contrato da Neoenergia com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) inclui o patrocínio ao campeonato nacional de clubes, o Brasileirão Feminino Neoenergia.

RonaldoTV

O canal multiplataforma do ex-jogador Ronaldo Nazário já iniciou a cobertura da Copa do Mundo Feminina da FIFA 2023. A programação, chamada de Seleção Fenômeno, conta com o patrocínio da Neo Química e o apoio das redes sociais TikTok, onde as influenciadoras Gabi Fernandes, Marwa e Jay produzirão conteúdos diários exclusivos, e Kwai, que também contará com vídeos inéditos feitos especialmente para a plataforma.

Durante a cobertura, o canal apresenta conteúdos inéditos com Ronaldo, com o portal Dibradoras, Tomer Savoia, torcedor brasileiro ícone nas arquibancadas, a artista e cantora Gabi Fernandes, as jornalistas e creators Bibi Molina, Jay Oliveira e Isa Labate e a streamer e influenciadora digital Marwa, além de exibir conteúdos exclusivos gravados Marta e Tamires, estrelas da Seleção.

Empresas assistem ao jogo

Ontem (18), o Ministério da Gestão e Inovação publicou uma portaria que torna os jogos do Brasil na Copa do Mundo Feminina ponto facultativo para todos os servidores públicos, que terão livres boa parte das manhãs de jogo da Seleção.

Mas a possibilidade de torcer pelas meninas do Brasil não será uma exclusividade do setor público. Os colaboradores da farmacêutica AbbVie no país, por exemplo, poderão optar por assistir aos jogos nas unidades da empresa ou, quando possível, por expedientes com horários adaptados para os dias dos jogos da Seleção, possibilitando a torcida do conforto de casa.

Segundo a Diretora de Comunicação e Relacionamento com Pacientes da AbbVie, Camila Zanqueta, a ação é um exemplo do compromisso firmado pela empresa em prol da equidade de gênero, e busca dar aos colaboradores e colaboradoras as mesmas facilidades que geralmente são comuns na Copa de Futebol masculino.

Seguindo uma fórmula parecida, a Medsystems preparou uma série de atividades internas para acompanhar o torneio. A empresa planeja transmitir os jogos da seleção brasileira em seu auditório, proporcionando um ambiente propício para os colaboradores torcerem pelo Brasil.

Durante os jogos da Seleção, um telão será disponibilizado no auditório, garantindo uma experiência imersiva. Além disso, serão oferecidos lanchinhos e acessórios temáticos, como apitos e outros adereços relacionados ao futebol, para expressar apoio às jogadoras brasileiras.

Sobre as ações, o CEO da Medsystems, Denis Regis, comemora a oportunidade de celebrar o futebol feminino e proporcionar um ambiente descontraído para os colaboradores da empresa, o que reforça o compromisso de promover um ambiente inclusivo, igualitário e inspirador para todas e todos.

Leia também: No esporte, paixão é sinônimo de engajamento?


Publicidade