Amazon Ads lança Ad Relevance, oferta de adtech baseada em IA Priscilla Oliveira 25 de junho de 2024

Amazon Ads lança Ad Relevance, oferta de adtech baseada em IA

         

Ferramenta foi desenvolvida para oferecer soluções ideais à performance do Marketing após a desativação dos cookies de terceiros, prevista para 2025

Publicidade

A Amazon Ads lançou nesta semana o Ad Relevance, uma nova oferta de adtech baseada em Inteligência Artificial. A novidade chega ao mercado como uma solução estratégica para aliviar os impactos causados pela gradual desativação dos cookies de terceiros, sobretudo os que afetam o direcionamento dos anúncios online.

Antecipando-se aos desafios da próxima fase, a ferramenta analisa bilhões de sinais de navegação, compra e streaming, associando-os a informações em tempo real sobre o conteúdo visualizado para entender a jornada de compra e veicular aos clientes anúncios mais relevantes.

A tecnologia vinha sendo testada em algumas ofertas da Amazon Ads, como Amazon Audiences, Contextual Targeting e Performance+. Segundo a empresa, os benefícios observados incluem a extensão da capacidade de endereçamento em até 65% das impressões anteriormente anônimas, reduzindo os CPMs em até 34% e melhorando os CPCs em 8,8%.

Comentando a novidade, Brian Tomasette, Diretor de Produtos Amazon DSP, pontuou que o futuro da endereçabilidade e da tecnologia de publicidade – caso bem construído – beneficiará clientes, anunciantes e editores, e ressaltou que a Amazon está continuamente explorando e inovando para enfrentar esse interessante desafio. 

Tomasette exaltou, também, a missão de simplificar as tarefas de Marketing. Segundo o Diretor, os anunciantes têm a tarefa de construir e proteger sua marca e conhecer o valor de seus investimentos e isso requer a capacidade de controlar quando e onde os anúncios são veiculados. Com a novidade, a Amazon espera fornecer aos clientes mais transparência e controle sobre ações fundamentais, como o planejamento, ativação e medição de campanhas.

Publicidade

Cabe ressaltar que o bloqueio total dos cookies de terceiros, tarefa a ser executada pelo Google, está programada para o início de 2025. De acordo com a pesquisa State of Data Brasil: 2023, realizada pelo IAB Brasil em parceria com a Nielsen, 48% dos profissionais ainda não se sentem preparados para o fim desta extensão.

Leia também: Cinco estratégias necessárias para sobreviver ao fim dos cookies de terceiros


Publicidade