6 ferramentas de Inteligência Artificial para impulsionar as campanhas de incentivo Bruno Mello 16 de junho de 2023

6 ferramentas de Inteligência Artificial para impulsionar as campanhas de incentivo

         

Especialista em tecnologia, CEO da Digi Cristiano Miano detalha soluções fundamentais para incrementar os resultados das ações

Seis ferramentas de Inteligência Artificial para impulsionar as campanhas de incentivo
Publicidade
Prime Day

Os programas de Marketing de incentivo são uma maneira eficaz das empresas motivarem e recompensarem seus funcionários e clientes. O uso de ferramentas de inteligência artificial (IA) no desenvolvimento desses programas pode oferecer vários benefícios, como maior eficiência, experiências personalizadas e segmentação mais precisa.  Além de aumentar a velocidade de implementação, ação, predição e reação.

Para Cristiano Miano, CEO da Digi, hub de soluções para incentivo que atende grandes empresas como Nestlé, Coca-Cola Brasil, entre outras, algumas tecnologias e ferramentas de IA podem melhorar e agilizar o desenvolvimento de um programa de Marketing de incentivo para grandes companhias. Confira seis soluções abaixo: 

Análise preditiva para campanhas mais robustas, direcionadas e inspiradoras 

A análise preditiva é um tipo de ferramenta de IA que usa dados históricos e algoritmos de aprendizado de máquina para prever resultados futuros. Em um programa de Marketing de incentivo, a análise preditiva pode ser usada para identificar quais incentivos provavelmente serão mais eficazes para diferentes grupos de funcionários ou clientes. Por exemplo, se os dados históricos mostrarem que um determinado grupo de funcionários responde bem aos cartões-presente, a análise preditiva pode ser usada para recomendar esse tipo de item como um incentivo para esse grupo.

“Também é possível usar análise preditiva para, em campanhas específicas para times de vendas, sugerir os melhores produtos para vendas cruzadas ou incremento de vendas para cada diferente cliente”, conta Cristiano Miano.

Publicidade

Processamento de linguagem natural para “ouvir” usuários e melhorar campanhas

O processamento de linguagem natural (PNL) é uma ferramenta de IA que pode analisar a linguagem humana e identificar padrões e significados. Em um programa de marketing de incentivo, o PNL pode ser usado para analisar o feedback de funcionários ou clientes e identificar áreas de melhoria.

Por exemplo, se o feedback mostrar que os funcionários não estão respondendo bem a um incentivo específico, o PNL pode ser usado para identificar o problema e sugerir maneiras de melhorá-lo. Também é possível utilizar as ferramentas de PLN para criar conteúdo engajador, especialmente personalizado para cada perfil de participante.

Chatbots que geram pertencimento e agilidade 

Os chatbots são ferramentas de IA que podem simular conversas humanas e fornecer respostas automatizadas. Em um programa de Marketing de incentivo, os chatbots podem ser usados para fornecer aos funcionários ou clientes recomendações personalizadas com base em suas preferências e comportamento passado.

“Por exemplo, se um cliente historicamente respondeu bem a descontos em determinado produto, um chatbot pode recomendar produtos ou descontos semelhantes”, ensina o CEO da Digi.

Aprendizado de máquina para performance e metas mais precisas e ajustadas

O aprendizado de máquina é um tipo de ferramenta de IA que pode aprender com os dados e melhorar ao longo do tempo. Em um programa de marketing de incentivo, o aprendizado de máquina pode ser usado para otimizar continuamente os incentivos com base no comportamento do funcionário ou do cliente. Por exemplo, se os dados mostrarem que um determinado incentivo não é mais eficaz, o aprendizado de máquina pode ser usado para identificar incentivos alternativos com maior probabilidade de sucesso.

“Ainda com machine learning podemos entender o histórico de metas e criar objetivos mais realistas e engajadores para cada membro do time, de forma personalizada e progressiva. Imagine entender que o João tem potencial de vender muito mais um tipo específico de produto contra outro, e personalizar a meta de forma não-linear e automatizada mês a mês. Metas mais precisas e personalizadas inspiram melhores resultados por meio de pertencimento e engajamento”.

Personalização, padronização visual e melhores resultados com reconhecimento de imagem

O reconhecimento de imagem é uma ferramenta de IA que pode analisar conteúdo visual e identificar objetos, pessoas e outros elementos. Em um programa de Marketing de incentivo, o reconhecimento de imagem pode ser usado para identificar o comportamento do funcionário ou do cliente e fornecer incentivos personalizados. Por exemplo: se um funcionário estiver usando com frequência um determinado produto ou serviço, o reconhecimento de imagem pode ser usado para identificar esse comportamento e fornecer incentivos relacionados a esse produto ou serviço.

“Em um programa de trade marketing implantamos o reconhecimento de imagem para criarmos uma competição de execução padronizada e loja-modelo para reconhecer share de gôndola, padrões de execução e ajudar a reconhecer, recompensar e compartilhar com o time as melhores práticas dos colegas de trabalho”, diz.

Engajamento por meio da geração de conteúdo em Imagens e Vídeos 

Muitas ferramentas online já estão viabilizando uma vida mais simples e muita agilidade aos profissionais do mercado criativo utilizando IA para gerar conteúdo, traduzir textos, criar legendas, gerar ideias criativas de briefing, e dublar vídeos com voz similar à original e traduzida em diversas línguas. A geração de imagens, vídeos e modelos 3D é realidade e esses materiais gerados por IA podem ser peças finais ou, ao menos, atalhos para o processo criativo de criação de campanhas.

“Tendo em vista os aspectos citados, as ferramentas de IA podem fornecer vários benefícios no desenvolvimento de um programa de Marketing de incentivo para uma grande empresa. Usando análise preditiva, processamento de linguagem natural, chatbots, aprendizado de máquina e reconhecimento de imagem, as empresas podem criar programas de incentivo personalizados, eficientes e eficazes que motivam e recompensam seus funcionários e clientes”, conclui Cristiano Miano.

Leia também: Inteligência Artificial: hype ou revolução?


Publicidade