Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Mercado

França exige que anúncios de carros incentivem pessoas a caminhar ou usar o transporte público

Regras valerão para anúncios de rádio, televisão e teatro, além de digital, TV e mídia impressa. Anunciantes que não incluírem a mensagem serão multados em até 50 mil euros

Por Redação - 10/01/2022

Como medida para diminuir a emissão de gases poluentes, a França passará a exigir dos anúncios de automóveis uma advertência que incentive os consumidores a caminhar, andar de bicicleta ou usar o transporte público sempre que possível. A nova regulamentação deve entrar em vigor em março. A medida segue anos de campanha de grupos ambientais franceses e visa reduzir as emissões de transporte, que atualmente representam um quarto das emissões globais de gases de efeito estufa da União Europeia, de acordo com a Agência Europeia do Meio Ambiente.

De acordo com o novo regulamento, as marcas de automóveis serão obrigadas por lei a incluir uma das três mensagens a seguir em qualquer publicidade dentro do país: “Para viagens curtas, caminhe ou de bicicleta”, “Considere a carona solidária” e “Use transporte público”. Além disso, no final da mensagem, os anunciantes devem afixar a hashtag “#SeDéplacerMoinsPolluer” - traduzido aproximadamente como #MovaMenosPoluentes.

Os fabricantes de automóveis também devem incluir a classe de emissões de dióxido de carbono do veículo na promoção. As regras valerão para anúncios de rádio, televisão e teatro, além de digital, TV e mídia impressa. Os anunciantes que não incluírem a mensagem serão multados em até € 50.000 (cerca de R$ 319 mil).

As montadoras de automóveis no país apresentaram reações mistas ao mandato, como o presidente-executivo da Hyundai, Lionel French Keogh, reclamando que as medidas “estigmatizam o automóvel” e são “um pouco contraproducentes”, uma vez que não distinguem entre tipos de carros, mesmo que os governo tenta incentivar o uso de veículos elétricos. Grupos ambientais, no entanto, estão atualmente fazendo campanha para proibir a publicidade de combustíveis fósseis dentro da UE, lançando uma Iniciativa de Cidadania Europeia que proibiria anúncios de indústrias que dependem de combustíveis fósseis - incluindo automotivo.

A França já se comprometeu a proibir os anúncios dos veículos mais poluentes a partir de 2028. A ministra da transição ecológica francesa, Barbara Pompili, respondeu às novas regras de publicidade dizendo: “Descarbonizar o transporte não significa apenas trocar para um motor elétrico. Também significa usar transporte público ou bicicleta, quando possível. ”

*Com informações do The Drum