Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Pesquisa

Resoluções para 2022: 39% da população quer poupar dinheiro, aponta pesquisa da Hibou

Metade dos brasileiros querem ganhar mais dinheiro, e apesar disso, pretendem gastar menos. Ansiosos pelo fim da pandemia, 43% têm planos de viagens

Por Redação - 10/01/2022

O ano de 2022 chegou trazendo novas expectativas e listas de resoluções para o ciclo que se inicia e os principais planos dos brasileiros envolvem economia. É o que aponta o estudo ‘Pulso Expectativa 2022’ realizado com mais de 1.800 pessoas pela Hibou - empresa de pesquisa e monitoramento de mercado e consumo, e a Score Group - empresa de data retail e shopper experience da B&Partners. 

“A entrada de um novo ano incentiva as pessoas a fazerem o que não fizeram, traçar planos e buscar realizações para as metas pessoais, profissionais e financeiras. Elas tendem a se planejar com otimismo para o futuro. No estudo, notamos que as expectativas de retorno à ‘rotina normal’ predominam, pois os brasileiros desejam o fim da pandemia”, afirma Ligia Mello, sócia da Hibou e coordenadora do estudo.

Amarelo foi a cor da virada
Os desafios para o ano que começa passam por realizações pessoais, profissionais e também pelo fim da pandemia. Com a inflação em alta e um cenário econômico incerto, o principal desejo dos brasileiros - metade da população (50%)  - é ganhar mais dinheiro em 2022.
 
Lista de Desejos
Entra ano, sai ano, a vontade de emagrecer é sempre mencionada e é o desejo de 43% das pessoas. Já 34% querem ficar mais perto da família. A reforma da casa está entre os planos de 29%. Investir em cursos para aprimoramento profissional é a vontade de 27%. Enquanto isso, 13% desejam uma vaga de emprego, e 12% não estão satisfeitos e querem mudar de emprego.

Verão 
Ansiosos pelo fim da pandemia, 27% dos brasileiros desejam voltar à sua rotina anterior à Covid-19. Mais otimistas com os passeios no verão e a flexibilização da pandemia, 43% afirmam que vão viajar e destes 71% pretendem ir de carro; 43% de avião; 12% de ônibus e 2% de moto. Entre os destinos preferidos estão praia deserta (51%); sítio/chácara (32%); hotéis fazenda (31%); cidade do interior (30%); resorts all inclusive (29%); trilhas e natureza (26%); praia agitada (21%); parques aquáticos (16%) e metrópole (10%).

O encontro com amigos e família para um churrasco é também um evento garantido para 21% dos entrevistados. 91% dos brasileiros acreditam que “o churras” seja um bom motivo para reunir os amigos e dar boas risadas; 45% vêem como um momento para celebrar algo especial; 35% relacionam com uma boa razão para abrir a caixa de cerveja; 21% retratam como um almoço ou jantar comum em família; 14% consideram apenas um almoço, como aqueles de domingo; 6% acreditam na combinação churrasco e futebol, e em dia de jogo ela é quase necessária para acompanhar a partida.
 
Controle de Gastos
Apesar de desejarem ganhar mais dinheiro em 2022, 39% dos brasileiros pretendem gastar menos do que no ano anterior; 25% acreditam que os gastos serão mantidos; 12% acreditam que vão gastar mais. 23% ainda não sabem. 

Ainda de acordo com o estudo, 52% dos entrevistados apontam que entram no ano novo com as contas em dia e 12% afirmam que estarão com dinheiro sobrando. 36% declararam que vão iniciar o ano com dívidas - dentre eles, 26% afirmaram que os valores devidos ultrapassam os R?15 mil.
 
“Os brasileiros querem equilibrar suas finanças neste ano. Economizar ao máximo, usar cupons de descontos e promoções são hábitos herdados de 2021 e que vão permanecer'', analisa Ligia. “Para 2022, as escolhas sobre os locais de compras tendem a ser as mesmas de 2021. 30% vão comprar tanto em lojas físicas quanto online; enquanto 29% pretendem manter as compras pela internet; e 8% querem comprar mais em lojas físicas”, conclui.
 
Rotina de trabalho híbrida 
Com o retorno gradual ao trabalho presencial, 19% das pessoas querem se dividir entre as atividades presenciais e online; 10% vão se ajustar para a rotina híbrida de trabalho; 5% vão buscar uma rotina mais presencial com a equipe de trabalho. 21% desejam novos desafios e mudança de área; 18% imaginam que vão trabalhar ainda mais do que durante a pandemia.
 
“Nos campos profissional e de educação alguns ajustes se mostram necessários para 2022. Com o retorno às atividades presenciais, o desafio é entender melhor a rotina híbrida. As atividades online e presenciais começam a fazer parte do cotidiano e a tarefa é se adequar a essa nova realidade seja para o trabalho ou estudo”, observa Ligia.

Quando o tema é trânsito, 28% dos brasileiros declararam que desejam otimizar o tempo de deslocamento, planejando melhor seus horários; 13% pretendem usar cada vez mais ferramentas digitais, mesmo que sejam pagas. Os estudos também estão no foco de 27%, que querem estudar online para se qualificar mais profissionalmente e 12% vão participar de cursos para melhorar a gestão dos negócios e das equipes. 
 
O bom e velho barzinho
Para 18% dos brasileiros a ida a algum bar é uma certeza para 2022. Destes, 53% continuará buscando locais com distanciamento entre as mesas; 23% afirmam que vão aproveitar a liberdade e curtir muito com amigos e familiares; 14% dizem que já retomaram a rotina ativa de bares que tinham antes da pandemia e 5% pretendem tirar o atraso de 2 anos de pandemia e cair na festa.
 
Os bares e restaurantes ainda não são um ambiente seguro para um terço da população. 34% dos brasileiros ainda não se sentem confortáveis para ir a lugares fechados. Neste início de ano, 17% afirmam que ficarão em casa, pois acreditam que ainda não é hora de reunir os amigos; e 14% pretendem continuar curtindo com a turma em casa, pedindo bebidas e petiscos.

Lazer por trás das telas 
O entretenimento pelas telas do celular ou computador ganhou seu lugar e há quem destine seu tempo livre às atividades online. 31% dos brasileiros desejam maratonar mais séries em 2022; 29% querem ler os gêneros que gostam; 16% querem descobrir novas músicas e artistas para enriquecer a playlist; 7% pretendem assinar mais plataformas de streaming para acessar mais conteúdos; 5% vão curtir mais jogos eletrônicos em diferentes devices (console, computador ou celular); 4% querem participar de eventos remotos, como shows e encontros sem sair de casa.
 
Carnaval
Ainda há incertezas sobre os eventos que movimentam o Carnaval de 2022. A expectativa de 45% dos brasileiros é de passar a data em casa, pois não se sentem seguros para sair; 44% vão aproveitar o feriado para descansar; 38% pretendem ficar em casa maratonando filmes ou séries; 24% vão passar mais tempo com a família.

Entre as outras opções para o feriadão estão: leitura, jogo ou outras atividades em casa 18%); ficar em casa com os amigos (13%); viajar com a família (7%); viajar para a praia com os amigos (4%); participar de bloquinhos na própria cidade (1%); conhecer gente nova (1%); ir a bailes e eventos (1%); ir a ensaios de escolas de samba (1%). 

Em 2022 os brasileiros já consideram aproveitar algumas datas festivas como era antes da pandemia. As outras datas são: Natal (54%); Réveillon (46%); Dia das mães (32%); Páscoa (27%); Dia dos Pais (22%); Dia dos Namorados (18%); São João (18%); Dia das Crianças (16%); Férias escolares (12%); e para 27%, e o Carnaval (5%) nenhuma.
 

Leia também: Latino-americanos se voltam para bancos digitais à medida que a pandemia muda seus hábitos