Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Pesquisa

Apenas 40% dos profissionais de Marketing acredita precisar de formação

Segundo estudo do Chartered Institute of Marketing, entrevistados admitiram trabalhar com pessoas que aprenderam a atuar com pouco treinamento formal

Por Redação - 06/12/2021

O sonho do diploma de ensino superior, para muitas pessoas, deixou de ser uma conquista pessoal para ser sinônimo de emprego. Com o aumento do desemprego e as muitas transformações sofridas no mercado em decorrência da pandemia pelo COVID-19, a técnica passou a se sobrepor à formação, principalmente na área de Marketing. É o que mostra um um estudo do Chartered Institute of Marketing (CIM), no Reino Unido, que apontou que somente 40% dos priofissionais da área acredita precisar de mais formação.

Estes correspondem a profissionais que não consideram ter todas as competências necessárias para florescer nas funções que desempenham. A explicação vem de outro dado, também do CIM, feito em 2019: 87% dos entrevistados admitiram trabalhar com profissionais de Marketing que aprenderam o trabalho com pouco treinamento formal. 

De acordo com o presidente-executivo da CIM, Chris Daly “a pandemia gerou redundâncias em todo o setor, forçando os líderes a terceirizarem as atividades digitais e se concentrar em melhorar as atividades essenciais, como marca, estratégia e comunicações". Durante a pandemia, a CIM documentou o impacto econômico da Covid-19 no setor de Marketing do Reino Unido, um período em que 69% dos funcionários da agência e 59% das equipes internas relataram redução na demanda por seus serviços.Com isso, muitos desses profissionais buscaram realizar cursos mais rápidos e específicos para a área, a fim de se prepararem para a retoma. 

 

Com informações do The Drum.

Leia também: Novos perfis para contratação impactam salários: saiba quanto ganha um profissional de Marketing