Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Promoção e Eventos

Por que vender em marketplaces na Black Friday é vantajoso?

Para te ajudar a avaliar se vender em marketplaces na Black Friday faz sentido para a sua loja, apontamos os principais benefícios.

Por Guest Post - 22/11/2021

Vender em marketplaces é uma estratégia acessível e que pode ser muito lucrativa para milhares de empreendedores no Brasil, principalmente em períodos de promoção como a Black Friday - que já se tornou a data mais importante do varejo.

As vendas da Black Friday de 2020, por exemplo, representou um crescimento de 41,8% em relação ao ano anterior, batendo a marca de R$ 702,71 milhões de faturamento. O evento contou com um volume de 1,52 milhão de pedidos e um ticket médio de R$ 463, segundo dados da Cyber Monday. Mas onde esse volume tão alto de pedidos foi feito? Uma parcela vem dos maiores marketplaces do país!

 

Mas afinal, por que vender em marketplaces pode ser vantajoso na Black Friday? 
Tanto as marcas que já possuem e-commerce próprio, como as pequenas empresas que ainda não possuem nenhum ponto de venda online podem usar os marketplaces como ponta pé inicial para vender na internet e crescer. Afinal, são sites que recebem milhões de acessos e milhares de pedidos diariamente, possuem excelente credibilidade perante o consumidor e investem muito em mídia durante os períodos de promoção.

Para te ajudar a avaliar se vender em marketplaces na Black Friday faz sentido para a sua loja, apontamos os principais benefícios.

Publicidade dos marketplaces

Em dias normais, os marketplaces costumam receber milhões de visitas todos os dias. Porém, em dias de promoção, a quantidade de acessos cresce naturalmente, pois os consumidores buscam descontos. Além disso, cada marketplace investe muito em mídia paga para gerar ainda mais acessos e vendas na plataforma - o que facilita muito o trabalho dos vendedores que não precisam fazer investimentos elevados em marketing.

Boas condições de frete 
Não é segredo para ninguém que o valor e o prazo do frete podem facilmente fazer um consumidor desistir de uma compra online. Segundo pesquisa feita pela Cuponomia, 90% dos entrevistados desistiram de finalizar uma compra por conta do valor do frete. 

Para que os vendedores possam oferecer um frete atrativo aos clientes sem custo adicional, alguns marketplaces disponibilizam programas de envio que beneficiam tanto lojistas quanto clientes. Por exemplo, o Magalu tem o Magalu Entregas, e a Americanas o Americanas Fulfillment, em ambos os programas o cliente final paga uma taxa baixa de frete e o seller não paga nada pelo envio.

Baixo investimento para anunciar
Os marketplaces cobram uma pequena taxa de comissão nos produtos vendidos ou uma mensalidade acessível - o que é justo devido a todos os serviços oferecidos pela plataforma. Por isso, vender nesses sites é uma estratégia de baixo investimento para as empresas, ideal para quem ainda não tem como investir em um e-commerce próprio ou não pode realizar grandes campanhas de marketing na sua loja virtual.

Estrutura e suporte
Ao anunciar nos marketplaces, o vendedor não precisa se preocupar com hospedagem, estabilidade, usabilidade, suporte, entre muitas outras demandas técnicas de manter um site no ar.

A estrutura dos marketplaces facilita ao máximo as operações dos lojistas, pois são lojas virtuais com uma boa equipe de suporte, segurança, e diversas outras funções que permitem que os sellers foquem em cuidar da operação e das estratégias, sem se preocuparem com questões técnicas e manutenção de plataforma - atividades que demandam muito tempo, profissionais especializados e altos investimentos.

Marcas com alta credibilidade perante o público brasileiro
A segurança e confiabilidade nas vendas online são critérios essenciais de qualquer consumidor, não é mesmo?!

Alguns clientes ainda evitam comprar em sites que não conhecem, principalmente depois da pandemia que muitas pessoas iniciaram o hábito de compras online e ainda estão no processo de amadurecer digitalmente. 

Talvez um usuário não se sinta seguro em comprar na loja virtual da sua marca sem conhecê-la e prefira adquirir seu produto através de um marketplace. Americanas, Casas Bahia e Magalu são exemplos de marketplaces que também são empresas populares que estão há décadas na história dos consumidores brasileiros.

Porém, após a primeira compra, esse cliente pode conhecer sua empresa e se sentir confortável para adquirir diretamente pelo seu e-commerce em uma próxima oportunidade.