Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Pesquisa

Sustentabilidade é a maior preocupação entre os jovens

Pesquisa realizada pela Electrolux com adolescentes de 15 a 20 anos mostrou que eles buscam maior cuidado com meio ambiente e alimentação

Por Redação - 15/10/2021

Os jovens de hoje enfrentarão desafios únicos na próxima década. À medida que buscam construir suas próprias casas, a questão mais urgente para eles do que para qualquer geração anterior é uma vida sustentável. Segundo o relatório "Better Living Program" da Electrolux, 62% dos jovens reforçam que a sustentabilidade é a maior preocupação nos dias de hoje.

A pesquisa ouviu adolescentes de 15 a 20 anos e identificou que eles estão dispostos a mudar drasticamente seu estilo de vida para salvar o planeta. Os jovens se veem como defensores e líderes de um futuro mais sustentável. O estudo observou que eles confiam principalmente em si mesmos (37%), cientistas (27%) e influenciadores (17%) para liderar a mudança em direção a um futuro mais sustentável. Apenas um em cada dez (10%) entrevistados acha que os adultos assumirão essa responsabilidade.

Alimentação

Quando se trata de abordagens sustentáveis ??para os alimentos, 50% dos entrevistados dizem que se esforçam para minimizar o desperdício de alimentos, 48% tentam reduzir as embalagens de plástico e 30% comem menos carne. Quando questionados sobre o que gostariam de seu futuro lar sustentável em relação à comida, 15% dos jovens entrevistados escolheram alimentos preparados em uma cozinha automática, enquanto 12% disseram que carne produzida em laboratório.

Por outro lado, uma proporção muito maior optou por opções circulares - como preservação ou armazenamento de alimentos em longo prazo (31%) e compostagem ou reciclagem de todos os resíduos alimentares (34%). A alimentação baseada em vegetais já é praticada por 29% dos jovens e 35% acham que alimentos sustentáveis ??são muito caros, por isso, 36% esperam produzir sua própria comida em sua futura casa sustentável.

Obsolescência programada

Entre os jovens, houve indícios de que a moda rápida está abrindo caminho rapidamente para “feito para durar” - sugerindo que talvez o novo nem sempre seja melhor. Muitos entrevistados acreditam que em 2030 eles irão investir em roupas de alta qualidade (67%), comprar roupas de segunda mão (51%) e comprar menos roupas novas (50%).

Quando se trata de cuidados futuros com roupas, mais de um terço deseja poder usar aparelhos de lavanderia que economizem energia e água (39%), reciclar suas roupas (37%) e ter roupas feitas de materiais resilientes (34%). A maioria deles (65%) afirma que cuidará e consertará suas roupas em 2030. Há ainda uma parte considerável (38%) que acredita que a falta de conhecimento sobre como lavar de forma sustentável está impedindo as pessoas de praticarem melhores cuidados com as roupas.

Constituir família? Talvez não

Quando questionados sobre o que gostariam que sua futura casa sustentável fizesse, 47% dos entrevistados disseram que desejam "produzir minha própria energia verde" e 45% desejam "filtrar e reutilizar a água". Em contraste, apenas 22% gostariam que sua futura casa sustentável conectasse todos os seus eletrodomésticos.

Sobre o tema de constituir famílias, vários dos entrevistados estão preocupados com o impacto ambiental do aumento da população, dizendo-nos que criar seus próprios filhos não é um dado adquirido.

Leia também: Geração Z quer marcas mais colaborativas entre si e menos concorrência, diz pesquisa