Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Digital

Twitter inicia projeto de monetização de salas de áudio

Recurso “Ticketed Spaces” está em fase de testes para usuários do sistema iOS da Apple e permite cobrar até 999 dólares pelo ingresso

Por Redação - 30/08/2021

O Twitter lançou na última semana o Ticketed Spaces, recurso de monetização dos Spaces - ofensiva em canal de áudio da rede para conter o avanço do Club House no começo deste ano. Ainda restrita aos usuários do sistema iOS, da Apple, a novidade permite aos usuários cobrarem de 1 a 999 dólares por ingresso para permitir o acesso de internautas às salas de áudio da rede social. Além da cobrança, os anfitriões dos Spaces podem regular o total de “vagas” disponíveis em cada transmissão.

Valor para criadores

A rede promete devolver aos criadores das salas 97% do valor recebido com a “venda dos ingressos", descontado antes as taxas do Google (no caso de dispositivos Android) e Apple (iOS). Contudo, se esse valor alcançar ou ultrapassar 50 mil dólares, será cobrada outra taxa de 20% do valor. O Twitter também comunicou que será possível enviar notificações push para os usuários para facilitar o acesso às salas. 

Com o lançamento do Ticketed Spaces, o Twitter sai na frente na monetização de salas de áudio, recursos que seus concorrentes do Facebook e Spotify Greenroom, que também prometem lançar esta funcionalidade em breve. Já o app que começou a corrida pelas salas de áudio, Clubhouse, disponibilizou um canal para monetização dos criadores de conteúdo em abril. A função Payments ainda está em beta e não desconta taxas dos anfitriões das salas para o Clubhouse, cobrando apenas as tarifas bancárias pela transação na plataforma Stripe, parceira do app neste recurso.