Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Planejamento Estratégico

Potencial do Dia das Mães 2021 para o varejo

Buscas e compras via mobile serão alavancadas na principal data comercial do primeiro semestre

Por Redação - 22/04/2021

O primeiro semestre do ano sempre traz grandes movimentações do mercado, mas há uma data que movimenta o varejo a ponto de ser considerada a mais importante para o mercado brasileiro nesse período: o Dia das Mães. Independente do cenário, os consumidores sempre celebram a data e presenteiam as pessoas que assumem o papel de mãe. Ano após ano, o dia traz mais resultados positivos para o comércio físico e online - o que faz com que seja fundamental a presença das marcas em meio a esse contexto para gerar relacionamento com seus clientes e, também, aumentar o faturamento.

De 2018 a 2020 houve um aumento significativo nas buscas do usuário por “dia das mães” no Google, segundo a ferramenta Google Trends – o que impactou também a representatividade da data em faturamento. De acordo com dados da Ebit/Nielsen e do Compre & Confie, entre 2018 e 2019 foi apontada uma alta de 5% durante o período, já de 2019 para 2020 o crescimento foi de 117%, impulsionado pela pandemia e entrada de novos usuários no ambiente online, o que representou um faturamento de R$5 bilhões para o varejo digital.

A pandemia da COVID-19 acelerou a transformação digital e alterou a forma como os usuários realizavam suas buscas e compras de produtos/serviços, impactando nos resultados das datas sazonais do mercado, incluindo Dia das Mães. Com o crescimento do online, os consumidores começaram a priorizar o e-commerce para não deixar datas importantes passarem em branco.

Em 2020, o pico de buscas pelo termo “dia das mães” foi durante a semana que antecede a data. Os segmentos que mais representaram em tráfego durante o período foram Beleza, Moda e Acessórios e Eletrônicos e Informática. Já as categorias que mais refletiram em faturamento foram Telefonia, Eletrônicos, Eletrodomésticos, Informática e Moda & Acessórios. Os dados acima podem ser acessados no e-book elaborado pela GhFly sobre a data.

E o mobile?

Em 2020, a maior quantidade de buscas aconteceu via desktop, apesar do crescimento constante do mobile. Esse comportamento pode ter sido impulsionado pelo isolamento social, que fez com que muitas pessoas adotassem o modelo home office e passassem mais tempo em casa, onde aproveitaram alguns momentos do dia para fazer as buscas de Dia das Mães no desktop. No total, foram registradas 61,2% dos acessos no desktop, representando 65,2% em vendas no período.

A categoria moda e acessórios foi a que obteve maior representatividade em faturamento através de mobile, com 51,27% dos pedidos realizados do dispositivo. Isso indica uma tendência importante no setor, que deve estar preparado para oferecer uma experiência mobile first aos seus consumidores.

Para aumentar as suas vendas no mobile, o especialista deixa como dica realizar uma ação nos comparadores de preço, por exemplo, para gerar o impacto necessário para a conversão de uma venda. “Independente do cenário, Dia das Mães não é uma data que costuma passar em branco, muito pelo contrário. Ano após ano, o dia traz cada vez mais resultados positivos para o comércio online, o que faz com que seja fundamental a presença das marcas em meio a esse contexto para gerar relacionamento com os clientes e aumentar seu faturamento. Essa migração para o online cria novos pontos de contato e identificação entre marca e clientes. Pontos de contato que, durante a jornada não linear, geram dados riquíssimos sobre o comportamento e necessidades do seu público-alvo. Este é o segredo para entender e entregar a experiência desejada”, destaca Douglas Dantas, Head de Marketing na GhFly.

Outro ponto para se diferenciar neste Dia das Mães é a linguagem. “As pesquisas nos mostram que a maior parte das mães não se sentem representadas nas propagandas tradicionais. Então inove, tente criar vínculos retratando os desafios da maternidade em contextos mais reais e empáticos, sem deixar de representar famílias além do formato tradicional de mãe, pai e filhos. Com certeza será um caminho mais efetivo para gerar relacionamento com o público”, garante o head de Marketing.

Leia também: Tendências para o Varejo em 2021