Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Planejamento Estratégico

Como o método Agile pode diminuir a pressão sobre os profissionais de Marketing

Com tantas mudanças, surgem maiores expectativas para a equipe estratégica produzir resultados maiores em um ritmo mais rápido e com recursos limitados. Natura adotou nova postura

Por Priscilla Oliveira - 19/10/2020

A única certeza no Marketing, atualmente, é de que ele muda a todo instante. Seja pela tecnologia envolta nele, seja pelo comportamento do consumidor - que é impactado a todo momento por questões sociais, econômicas e políticas. Com essa mudança constante vêm maiores expectativas para a equipe estratégica produzir resultados maiores em um ritmo mais rápido com recursos limitados e uma força de trabalho recentemente remota. A pressão, portanto, ainda é uma questão sensível aos profissionais de Marketing. Em meio a isso, é onde o Marketing Ágil ganha mais força.

Para acompanhar, muitas equipes estão fazendo grandes mudanças na forma como gerenciam seu trabalho e criam conteúdo diferenciador por meio da adoção de uma metodologia mais eficiente. O Marketing Ágil permite que os profissionais sejam mais organizados, façam mais e respondam melhor às mudanças do mercado ou às mudanças na estratégia da empresa. Isso não significa fazer rápido, mas seguir um processo que permita mudanças mais facilmente.

A Natura é uma das empresas que adotou esse método e passou a entender que o feito é melhor que perfeito, já que o Agile absorve o erro e o transforma em lição. “A questão é errar rápido. Não é sobre quão perfeita é a entrega, é quanto você entrega, refina e testa até acertar. Tivemos muito ganhos com o Marketing Ágil e reagir rápido fez muita diferença”, contou Laura Mereu, Gerente de Marca Global da Natura, em uma live feita pelo Mundo do Marketing em parceria com a Weme.

Foco no cliente

Agora, mais do que nunca, os profissionais de Marketing devem estar prontos para o que quer que surja em seu caminho - e devem estar equipados com as ferramentas e processos certos para obter resultados. Com o Marketing Ágil, as equipes ordenam as solicitações de trabalho por prioridade. Então não há mais a questão de faça tudo ao mesmo tempo, reportando a diferentes setores o que devem ser feitos. Isso porque, dentre os princípios do Agile, está o trabalho multidisciplinar.

Ele faz com que todos saibam exatamente onde estão as lacunas, o andamento e as possibilidades reais. “O importante é seguir os princípios ágeis, como ter um time multifuncional e colaborativo. Um time se forma em um lugar de confiança. É preciso agir um dia de cada vez e ter o foco no cliente. Ele é o seu chefe, não é o seu gestor. A entrega de valor é para o cliente, o resultado vem se ele estiver satisfeito. No nosso caso, as consultoras também são clientes, não apenas o consumidor final”, pontua Laura Mereu.

O grande problema está no que o gestor quer e o que os profissionais realizam. Quando a equipe tenta o agile pela primeira vez e são solicitados a priorizar algo, eles geralmente não sabem como escolher uma solicitação de trabalho em detrimento de outra. Isso se deve ao fato de estarem no meio de lutas de poder entre as partes interessadas que lutam por suas iniciativas. Por esse motivo é fundamental ter um gestor na equipe multidisciplinar para trazer também a visão analítica.

Se a visão do CEO também for foco no cliente, além dos resultados positivos em números, a entrega será feita de maneira mais leve. A partir disso, a equipe do Marketing Ágil se sente mais tranquila ao dizer não às solicitações de trabalho que não estão alinhadas às grandes prioridades da empresa e pode arriscar sem medo.

Leia também: Agile Marketing: a importância dele para o sucesso dos negócios - Estudo produzido pelo Mundo do Marketing Inteligência.