Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Mercado

Futuro do home office ainda é mistério para mercado brasileiro

Estudo feito pela Toluna em parceria com a Zoho mostra que 49% das companhias não têm certeza sobre o futuro dos colaboradores após o fim do isolamento social

Por Thiago Terra - 04/09/2020

De acordo com uma pesquisa feita pela Toluna em parceria com a Zoho, metade (49%) das empresas do país ainda não sabem como será o futuro de seus colaboradores depois do período de isolamento social que levou os profissionais a trabalharem de casa. O estudo foi feito com 850 brasileiros, sendo 450 deles empresários e tomadores de decisão, com o objetivo de entender os rumos em relação a business continuity, trabalho remoto e o futuro do home office.

Enquanto o home office ainda não está garantido como prática adotada pelas companhias, mesmo após a pandemia, outros hábitos passam a ser essenciais para que os negócios se mantenham saudáveis no futuro. O estudo mostra que 67% dos entrevistados trabalham atualmente no modelo home office e 55% deles foram motivados pela COVID-19, logo, 12% já atuavam de maneira remota. Por outro lado, 33% das pessoas entrevistadas dizem trabalhar fora de casa.

Para contribuir com o trabalho remoto e incentivar as empresas a adotarem este modelo para preservar a saúde dos envolvidos, a Zoho criou uma plataforma que possui 11 softwares de produtividade que facilitam reuniões virtuais, comunicação interna, apresentações, gerenciamento de equipes e projetos, planilhas, etc. O Zoho Remotely é uma ferramenta gratuita disponível para empresas de todos os portes.