Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Planejamento Estratégico

O que vende mais: produtos ou experiências?

Esse é um tema que pode parecer um tanto controverso, já que o principal objetivo da maioria das marcas é vender seus produtos ou serviços

Por Daniel Antunes - 11/05/2020

Foto: Pixabay

Esse é um tema que pode parecer um tanto controverso, já que o principal objetivo da maioria das marcas é vender seus produtos ou serviços. No entanto, é neste contexto que as várias vertentes do marketing entram em ação e nos revelam que existe uma relação direta entre os dois. 

Numa época em que vivemos rodeados pela tecnologia, o meio digital se traduz em uma das ferramentas mais poderosas do marketing. Isso porque a presença online veio possibilitar a aquisição de produtos de forma remota, assim como aperfeiçoar as relações entre as marcas e seus clientes por meio das redes sociais ou outras plataformas.   

Está claro que uma das grandes vantagens do mundo online é o fato de qualquer empresa poder alcançar seu público-alvo de forma mais rápida e direta. Contudo, essa mesma vantagem implica, também, um aumento substancial da concorrência.  

Nesse sentido, é imprescindível que as marcas apostem em estratégias adequadas às necessidades dos seus clientes, mas também em fatores que as diferenciem de todos os seus concorrentes. É o caso da experiência de consumo, ou seja, todo o processo que precede o momento de compra de um produto. 

Os clientes já não procuram somente satisfazer as suas necessidades através da aquisição de um produto que apresente um ótimo custo-benefício. Por isso, estando inseridos em um mercado tão extenso como o online, torna-se fundamental redirecionar o foco não só para a venda, mas também para a experiência do consumidor.  

O mesmo é válido para plataformas online que oferecem determinados serviços. Entre eles, cursos online, opções de entretenimento ou, até mesmo, internet banking. Todos eles constituem exemplos de serviços que se caracterizam pela experiência que fornecem ao consumidor final.

Foto: Pixabay 

Nos dias de hoje, cada vez mais as pessoas procuram investir na sua formação através do meio online, devido à oferta diversificada de plataformas de ensino que existem neste meio. Porém não é somente a oferta que conquista os seus clientes, mas sim o fato de estes poderem usufruir de uma experiência de ensino em modo remoto. Contudo, os serviços associados ao entretenimento são, na sua maioria, aqueles que chamam mais a atenção dos clientes.  

Esse é o caso das plataformas de streaming, como a Netflix, que, além de disponibilizar um vasto conteúdo cinematográfico, permitem que o cliente possa continuar a usufruir da sua experiência mesmo que não esteja conectado à internet. Outro claro exemplo são os sites de cassino online, que investem regularmente em melhorar a experiência dos seus usuários. Além dos vários jogos que se encontram disponíveis a qualquer momento, estas plataformas permitem, ainda, que você jogue cassino ao vivo online, tornando a sua experiência muito mais dinâmica e atrativa. 

No caso do internet banking, facilmente associamos a experiência do consumidor à questão da segurança oferecida pelos vários serviços que integram este mercado. Na sua maioria, os homebanking permitem que sejam feitas transferências bancárias ou qualquer pagamento de forma segura, garantindo a criptografia de todos os seus dados.

Assim, facilmente verificamos que a experiência do consumidor é tão ou mais relevante do que a aquisição de um produto ou serviço. Nesse sentido, torna-se fundamental que as empresas apostem em estratégias específicas para assegurar a relação com o cliente, assim como fidelizá-lo. Como? Apostando em marketing de experiência.

*Este artigo foi enviado por Daniel Antunes, escritor freelancer.