Últimas Notícias

Publicidade
Publicidade
Branded Content
Relacionamento

Agência3 inova em sua área de atendimento

Empresa migra definitivamente de uma ótica operacional para um modelo “driveado” pela marca e por efetivos resultados para o cliente. Mudanças ressignificam a atuação da área

Por Branded Content - 18/03/2019

Como parte de um processo de reestruturação conceitual e gerencial de sua operação, visando imprimir maior fluidez, integração e agilidade entre os times multidisciplinares da agência, reforçando essencialmente o pensamento criativo, analítico e estratégico em toda equipe, a Agência3 anuncia agora sua nova concepção e estrutura para a área de Atendimento. As mudanças ressignificam a essência da forma de atuação da área.

De Atendimento para “Marcas & Growth Business”. Migrando definitivamente de uma ótica operacional para um modelo driveado pela marca e por efetivos resultados para o Cliente. “É uma mudança complexa, profunda e processual, que já vem acontecendo naturalmente em nossa agência, mas que agora assume uma forma. Estamos introduzindo novos conceitos à área e isso passa pelo mindset dos profissionais até chegar em um novo modus operandi. Tudo sob a perspectiva beta, ou seja, o modelo estará em contínua avaliação e adaptação, seja para que haja melhor fit ao perfil e necessidades de nossos Clientes, seja pela imperativa necessidade de atualização que as contínuas inovações do mercado nos impõem.”, diz Ingrid Lagrotta, Head da área e responsável pelo desenho do projeto.

A grande novidade estrutural fica por conta das frentes de “Gestão de Projetos” e “Business Intelligence”, através de uma célula de gestão, estratégia e inteligência incorporada à área, que vai alimentar permanentemente os 3 Hubs de Clientes. “Percebemos que a rotina de interações com nossos Clientes exige cada vez mais respostas rápidas e profundas. Queremos desenvolver em nossos executivos habilidades que potencializem os resultados entregues para as marcas”, ressalta Ingrid.

O que motiva uma movimentação tão audaciosa e grande? E porque acontecer na área de “atendimento”? “É muito poderosa a força das mudanças que acontecem na nossa indústria. Não somos mais somente comunicação. Somos também tecnologia. Somos essencialmente data. Somos cada dia mais profundamente inteligência. Orquestrar e operar todos esses componentes em nosso business  requer mais eficiência e múltiplas habilidades. Entendemos que a área de atendimento é responsável pela gestão do relacionamento com o Cliente. Essa mudança é necessária e fundamental”, declara Paulo Castro, diretor geral da agência.

Um dos desafios será implementar um conceito personalizado, baseado nas melhores e mais utilizadas matérias de gestão de projetos atuais (Agile e Scrum, especialmente). Outro desafio da “nova” área será facilitar o acesso e circulação de análise de dados e performance das ações dos Clientes. O objetivo final é trazer mais inteligência e agilidade para a área como um todo, favorecendo a pauta rotineira dos executivos de “Marcas & Growth Business” que estão em interações contínuas com os Clientes. Toda essa movimentação será processual, visando tornar a área 100% data driven, project driven e intelligence driven.