Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Homens são mais conservadores em relação aos produtos de beleza

Público masculino não quer ousar nas escolhas de perfume e preferem desodorantes voltados ao gênero. Shampoos, condicionadores e itens de limpeza corporal, no entanto, são unissex

Por | 13/07/2018

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Os homens brasileiros não querem ousar e tendem a demonstrar preferências conservadoras em relação às escolhas de perfumes, segundo dados da pesquisa "Atitudes dos homens com produtos de beleza e cuidados pessoais", feita pela Mintel. O relatório mostra que três em quatro (76%) deles usam fragrâncias específicas para o seu gênero. Acentuando essa tendência, os desodorantes também se destacam em relação a produtos criados especificamente para homens, já que 71% dos consumidores usam desodorantes próprios para o sexo masculino, em comparação a 31% que afirmam utilizar desodorantes unissex.

Porém, quando a pesquisa aborda produtos como xampus, condicionadores e itens de limpeza corporal, eles mostram que não se importam em cruzar limites de gênero. De acordo com a pesquisa, 58% dos homens dizem usar xampus e condicionadores unissex, comparado a 42% que dizem usar os mesmos itens, mas específicos para homens. Ao mesmo tempo, 56% dos homens afirmam utilizar produtos de limpeza corporal unissex, comparado a 32% daqueles que usam produtos específicos para o seu gênero.

Apesar da recente moda entre os homens de usar barba/bigode, os brasileiros ainda preferem se cuidar em casa. A pesquisa aponta que apenas 5% dos respondentes faz a barba e/ou bigode no salão/barbearia. E 94% realizam essa atividade em casa, por conta própria. Além do mais, quando se trata de frequência, a maioria dos homens faz a barba e/ou bigode pelo menos uma vez por semana. De acordo com a pesquisa, 35% deles faz a barba de duas a seis vezes por semana, 35% uma vez por semana e 15% menos de uma vez por semana. Somente 9% dos entrevistados diz que faz a barba diariamente.

A pesquisa ainda mostrou que mais da metade (57%) dos homens brasileiros não usa nenhum produto para barba e/ou bigode. Porém, entre os itens utilizados, produtos de limpeza para barba/bigode, citados por 21% dos homens, e hidratante para barba/bigode, também dito por 21% deles, foram os mais mencionados na pesquisa.

Além disso, o consumidor brasileiro parece se importar com o que ele lê online: 23% deles seguem marcas de beleza que gostam nas redes sociais, como Facebook e Instagram. Esse comportamento condiz com a tendência da Mintel, Campaign Capital, que diz que simplesmente vender um produto de beleza não é mais suficiente: as marcas devem ter personalidade e propósito que se alinhem com as crenças dos consumidores para conquistá-los. Outro indício de influência da mídia social é o fato de que 38% dos homens afirmam ler/assistir avaliação de produtos na internet, como blogs de beleza e vídeos do YouTube, antes de comprar.

Leia também: As múltiplas faces do consumidor masculino - estudo exclusivo para assinantes do Mundo do Marketing Inteligência.

Comentários


Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss