Reputação diante dos provedores garante alta taxa de entregabilidade | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Reputação diante dos provedores garante alta taxa de entregabilidade

Pesquisa mostra forte correlação entre boas práticas e o acesso à caixa de entrada. Reclamações de SPAM é a mais associada ao nível de confiança de uma empresa

Por | 30/05/2018

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

A reputação das marcas diante dos provedores de e-mail afeta o posicionamento das mensagens na caixa de entrada dos clientes. Essa é a conclusão do relatório Sender Score Benchmark 2018, feito pela Return Path. O estudo mostra que, embora as pontuações gerais de reputação das marcas estejam um pouco abaixo, na comparação com os dados de 2017, os profissionais de e-mail marketing considerados "altamente confiáveis" seguem com muito mais probabilidade de atingir o público-alvo do que os pares que apresentam pontuação mais baixa.

O levantamento apontou que os remetentes com pontuação entre 91-100 (a melhor reputação possível) tiveram 91% de suas mensagens entregues. Essa taxa cai para 68% quando nos referimos a remetentes com pontuação entre 81 e 90, e para 42% para as marcas com reputação entre 71 e 80 pontos. Fica o alerta sobre a importância de manter a marca entre os remetentes do nível mais alto de reputação. Essa necessidade se reforça quando são observados, por exemplo, a diferença de entregabilidade entre o remetente com pontuação 90 e 91.

Esta diferença de capacidade de entrega aumentou de fato desde o relatório do ano passado. Em 2017, as taxas entregues para as três principais faixas de reputação -  de 91-100, de 81-90 e de 71-80 - foram 92%, 72% e 45%, respectivamente.

Spam, o vilão da reputação
As reclamações de spam são um fator importante para ajudar os provedores de e-mail a determinarem quais mensagens não são desejadas e, portanto, elas influenciam muito nas decisões de filtragem. Não surpreendentemente, a pesquisa mostra uma forte correlação entre as reclamações de spam e a reputação do remetente. Os remetentes na faixa de reputação de 91-100 tiveram uma taxa média de reclamação de apenas 0,5%, enquanto a taxa de reclamações dos remetentes de 81-90 saltou para 2,8% - quase seis vezes mais em comparação aos melhores remetentes.

Cai o número de envios por remetentes menos confiáveis - Curiosamente, a distribuição do volume de e-mails mudou drasticamente nos últimos seis anos. Em 2012, o primeiro Sender Score Benchmark Report da Return Path constatou que 60% de todos os e-mails foram enviados pelos remetentes menos confiáveis, enquanto os melhores remetentes representaram apenas 6% do volume total. Hoje, 36% dos e-mails vêm dos principais remetentes, enquanto as mensagens enviadas pelos remetentes menos confiáveis caíram para apenas 25%. Essa mudança é, em grande parte, atribuída à tecnologia aprimorada de filtragem e a um foco maior na reputação do remetente diante do provedor e-mail. Tudo isso tornou o e-mail classificado como spam mais difícil de ser entregue e muito menos lucrativo.

Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss