Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Publicidade

Brasileiros buscam alimentação saudável sem radicalismos

População tem interesse em comer bem, mas demonstram resistência para certos tipos de comportamentos que exigem maior esforço, como ser vegetariano ou vegano

Por | 27/04/2018

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Os brasileiros mostram, de forma geral, interesse em ter uma vida com hábitos de alimentação saudável, mas por outro lado demonstram resistência para certos tipos de comportamento que exigem maior esforço e mudanças mais radicais em seu dia a dia, segundo dados da pesquisa "Tendências em Alimentação Saudável", feita pela Mintel. O relatório mostrou que que 58% dos consumidores nunca tentaram ou teriam qualquer interesse em seguir uma dieta vegetariana/vegana.

Além disso, 34% também disseram que não experimentaram e não estariam interessados em comer alimentos ou tomar bebidas orgânicas. Ao mesmo tempo, 31% revelaram que não tentaram e não estariam interessados em evitar alimentos que contenham adoçantes artificiais.

Tradicionalistas, os brasileiros associam uma dieta saudável à uma refeição preparada em casa. De fato, quando querem comer de forma saudável, 55% dos consumidores afirma que cozinha em casa. Aliás, eles dizem ter opções limitadas para se alimentar de maneira saudável quando querem comer fora. De acordo com a pesquisa, 32% dizem que acham difícil comer de forma saudável fora de casa, isso mostra que há oportunidades significativas para empresas e marcas superarem essa percepção.

Como os consumidores afirmam que há opções saudáveis limitadas para se alimentar fora de casa, existe oportunidade para a inclusão de pratos e ofertas saudáveis nos cardápios de restaurantes, padarias e lanchonetes. E mesmo não havendo uma grande adesão às dietas vegetariana e vegana, os consumidores têm buscado diminuir o consumo de carne vermelha e aves, o que pode ser uma oportunidade para outros tipos de proteína animal, como peixes e frutos do mar e também para opções de proteína de outras fontes, como sementes e grãos.

Para a Mintel, seja para o consumo no lar ou fora de casa, as marcas devem oferecer produtos que atendam exigências básicas e mais gerais, como limitar a quantidade de sal e açúcar, mas também ter algumas opções que consigam atender as necessidades que ainda são de nicho, como alimentos funcionais, uso de adoçantes naturais ou produtos de origem vegetal como substitutos dos carboidratos e proteína animal.

O sal, de fato, é um dos principais focos de preocupação dos brasileiros. Quando perguntados se haviam tentado ou estariam interessados em adotar determinados hábitos, a pesquisa revela que 58% dos consumidores tentaram limitar a quantidade de sal consumida, por exemplo quando cozinha ou adiciona aos alimentos prontos, aparecendo como a principal atitude tomada para estabelecer uma alimentação saudável. Consumir alimentos e bebidas ricos em proteínas/fibras e limitar a quantidade de açúcar, como quando fazem bolos ou adicionado ao café/chá surgem em segundo na pesquisa, sendo citados por 52% dos entrevistados.

De todas as refeições, o café da manhã é aquela em que o brasileiro mais frequentemente busca por opções saudáveis. A pesquisa mostrou que, para 68% dos consumidores, o café da manhã é a ocasião mais importante para ser saudável, comparado a 26% daqueles que classificam o almoço como sendo a refeição em que ser saudável mais importa.

A pesquisa Mintel também mostra que entre aqueles que dizem que estão mais inclinados a uma opção saudável durante o café da manhã, 52% tentaram consumir alimentos ou bebidas ricos em proteínas/fibras. E 30% dos trabalhadores em tempo integral citaram o almoço como a refeição mais importante para ser saudável, significativamente mais do que quem trabalha meio período ou está desempregado.

Leia também: Saudabilidade impulsiona as estratégias do Marketing de Alimentos - estudo do Mundo do Marketing Inteligência.

saudabilidade, hábitos de alimentação saudável, Mintel

Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss