Cartão de supermercado colabora para aumento de fidelidade | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Cartão de supermercado colabora para aumento de fidelidade

Os supermercados vêm adotando cartões com bandeiras próprias, também conhecidos como “private label”, que fomenta mais vendas ao oferecer condições diferenciadas

Por | 16/04/2018

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Os supermercados procuram cada vez mais novas maneiras de facilitar a jornada de compra dos clientes e, assim, garantir um faturamento maior. As estratégias para atingir esses objetivos não se resumem apenas à propaganda, degustação e posicionamento dos produtos nas gôndolas. No Brasil, um dos fatores para alavancar as vendas é o crédito e isso afeta diretamente os bolsos das classes CDE.

Como forma de contornar os efeitos da crise econômica, os supermercados vêm adotando cartões com bandeiras próprias, também conhecidos como "private label". O objetivo deste movimento é simples: viabilizar a venda de seus produtos, oferecendo facilidades como opções de parcelamento, promoções exclusivas e programa de fidelidade.

Cartões para empreendimentos de todos os portes
Ao contrário do que muitos gestores de supermercados pensam, as opções de cartões de marca própria são criadas para diversos portes de empresas. Basta cumprir algumas exigências feitas pelas operadoras de crédito, como pendências jurídicas e de documentação.

Ao facilitar a compra de clientes que não podem ter um cartão de crédito disponibilizado por bancos, o supermercado alavanca as vendas e atrai mais consumidores para suas lojas. Com isso, espera-se obter uma fidelidade maior dos consumidores e aumento do tíquete médio nas compras.

Outro ponto que deve ser considerado na estratégia com o "private label" é o estímulo à compra por impulso. Em muitos casos, o cliente com cartão próprio da rede poderá ter acesso a preços diferenciados para determinados produtos que não sejam de primeira necessidade.

Perspectiva promissora
Só em 2017, segundo o Banco Central, os cartões de marca própria movimentaram R$ 60 bilhões no Brasil. Com tanta gente utilizando esse serviço, os dados gerados por meio dessas transações podem ajudar aentender melhor os interesses do consumidor, desenvolver estratégias e incrementar as vantagens oferecidas.

De acordo com a DMCard, empresa que administra cartões de bandeira própria, os consumidores que usam esse meio de pagamento gastam 55% a mais em compras nos supermercados do que os que não usam. As visitas à loja também aumentam em 33%, assim como o gasto médio de cada consumidor, cerca de 16% maior que os clientes sem private label.

Opções para o consumidor
Apesar de ter chegado ao Brasil na década de 1970 com foco em lojas de departamento como a Mesbla, a adoção pelos supermercados é recente, pouco maior que uma década. Além da bandeira própria, hoje, o consumidor também encontra no mercado opções de cartões "co-branded".

Há diferença entre as duas modalidades de uso do plástico, vinculada às suas possibilidades. Enquanto o private label só é aceito em determinada loja ou rede supermercadista, o co-branded - criado em parceria com bancos e operadoras - permite o uso em outros estabelecimentos.

Segundo a DMCard, dos 2 milhões de cartões private label emitidos, cerca de 300 mil estão ativos para mais de 1.300 supermercados. Para o futuro, a perspectiva também é promissora. A Associação Brasileira de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) estima que sejam gerados R$ 293 bilhões em negócios até 2022 por meio de transações realizadas via cartões próprios até 2022.

Para mais informações sobre o maior evento mundial de supermercados, acesse o site APAS Show.

(Crédito imagens: Depositphotos)

(Crédito imagens: Depositphotos)

Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss