Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Publicidade

A importância do Facebook Ads diante ao novo cenário da rede

Redução do alcance orgânico transforma campanhas e aumenta nível de excelência que será exigido para aplicação de novas estratégia. Engajamento e segmentação seguem como respostas

Por | 08/03/2018

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

A recente atualização nos algoritmos do Facebook tem tirado o sono de muitas empresas e profissionais de marketing. Como a redução do alcance orgânico irá transformar as campanhas de Facebook Ads das empresas? O que pode ser feito para se manter competitivo nessa "nova" rede? As respostas são velhas conhecidas: engajamento e segmentação. A novidade está no nível de excelência que será exigido para a aplicação dessa estratégia na prática. É isso que vai definir quem vai obter sucesso neste novo cenário.

A mudança é drástica, mas anunciada. Alterações no alcance orgânico das páginas corporativas começaram em 2012, quando os gerenciadores perceberam que suas fan pages estavam alcançando apenas 16% de todo o seu público. Desde então, o alcance só diminuiu até o anúncio oficial de Zuckerberg afirmando que, eventualmente, o alcance orgânico de páginas de empresas no Facebook chegará a zero. E esse novo cenário, claro, exige novas estratégias.

A primeira nova regra já é uma velha conhecida, mas que agora ganha protagonismo: quanto mais engajamento, melhor. Isso porque, quanto mais interação, maior será o alcance da publicação (ou menor será sua penalização por não ser impulsionada pelo Facebook Ads). Neste contexto, a estratégia mais eficiente é a definição de persona. Teoricamente é chover no molhado, mas na prática poucas empresas fazem isso do jeito certo.

Através de formulários preenchidos pelo cliente com perguntas sobre seu público alvo, análises de desempenho de publicações anteriores e relatórios frequentes, é possível estabelecer quais são as características principais da persona da página, quais são seus interesses e, consequentemente, quais publicações lhe são mais relevantes. Vale dizer que, neste caso, quase nunca serão publicações comerciais como promoções, por exemplo.

Outro ponto que vai ganhar força são os impulsionamentos e as segmentações. Com elas é possível separar qual é o público ideal para cada publicação, criar listas de público para objetivos e estratégias diferentes, entre outras opções. Com a redução do alcance orgânico das páginas, é esperado que a necessidade de investir em Facebook Ads e impulsionamento aumente muito. Por isso, é imprescindível manter sempre atualizados os perfis dos seus clientes, principalmente de sua core audience, seu público principal. Explore também outras opções de segmentação, como os Look a Like.

Por fim, vale lembrar que o Facebook pode ser a mídia do momento e ser extremamente relevante para empresas, mas ainda assim não é a única rede importante para os negócios. Tenha sempre em mente qual a plataforma que mais concentra pessoas interessadas no seu negócio. É o Facebook? Mas e seus públicos que estão presentes somente no LinkedIn? Ou ainda no Instagram? Uma das melhores formas de manter-se no top of mind de usuários é aparecendo em diversos canais.

Apesar de toda a movimentação ao redor da atualização do Facebook, não nos resta nada a não ser a adaptação. Devem ter mais dificuldades as empresas que decidiram não trabalhar apenas o awareness ou as que não entendem que as estratégias adotadas na timeline devem ser distintas daquelas utilizadas para os anúncios.

De maneira geral, agora mais do que nunca é necessário que as empresas repensem as estratégias, tanto pagas quanto orgânicas, buscando meios e maneiras de otimizar os resultados. Quem se adaptar melhor, vence o desafio.

Por: André Palis

Sócio-fundador da Raccoon, eleita a melhor agência da América Latina no Google Premier Partner Awards 2017, entre outras premiações


Comentários


Acervo

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss