Quatro tendências globais de beleza e cuidados pessoais para 2018 | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Quatro tendências globais de beleza e cuidados pessoais para 2018

Neste ano e nos próximos, o setor atenderá à conflituosa demanda do consumidor “sedento por elementos naturais”, em uma época em que os recursos estão diminuindo

Por | 07/02/2018

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Um dos mercados mais aquecidos no Brasil, o setor de Beleza concentra diversas tendências e oportunidades para as empresas. No ano de 2018, no entanto, quatro vertentes impactarão o mercado global de beleza e cuidados pessoais, segundo relatório da Mintel. A biotecnologia, juntamente com o ressurgimento da valorização da sabedoria local, ajudará as marcas a enfrentarem os desafios criados pelas questões ambientais.

Além disso, como os consumidores estão criando, ao redor do mundo, suas próprias definições de beleza que vão além de fatores ligados à idade, gênero e tipo de corpo, as marcas que tentarem atrair as "massas" vão perder o fio da meada. E mais: os compradores de produtos de beleza não procuram somente parecer bem, mas querem também se sentir bem, indo além das logomarcas e investindo em marcas com personalidade e com propósito para realizarem boas ações.

Por último, as marcas de beleza estarão observando cada movimento do consumidor, já que a tecnologia digital permite uma customização da experiência de compras nunca vista antes. A Mintel prevê que o mercado de beleza e cuidados pessoais passará por uma mudança marcante em 2018. Neste ano e nos próximos, o setor de beleza irá atender à conflituosa demanda do consumidor "sedento por elementos naturais", em uma época em que os recursos estão diminuindo. E será através do aproveitamento das vantagens oferecidas pela biotecnologia que uma nova geração de produtos naturais aprimorados será criada.

Enquanto isso, a personalização deve alcançar novos níveis à medida que as marcas se esforçam para abranger a inclusão total. No que se refere à ética, será imperativo que as marcas tenham uma personalidade genuína e um ponto de vista que comunique claramente seu posicionamento. Complementando, os desenvolvimentos no campo do monitoramento biométrico possibilitarão que as marcas gerem uma personalização totalmente inovadora da experiência de compra."

Veja abaixo detalhes desses conceitos:

Brincando de Mãe Natureza
O conceito de ingredientes de beleza naturais está se expandindo em um mundo de constante mudanças; as marcas vão ajudar a Mãe Natureza incorporando abordagens locais e desenvolvimentos em biotecnologia. Com as exigências crescentes dos consumidores e as mudanças climáticas em todo o mundo, a abordagem da indústria de beleza e cuidados pessoais para ingredientes naturais e sustentáveis deve se adaptar a um novo cenário.

Uma mudança para se tornar mais "local" em termos de fontes de ingredientes criará oportunidades para que os consumidores protejam e preservem recursos na área em que vivem. Neste ano, as possibilidades de criar ingredientes seguros por meio da ciência, que não causem alergias, puros e eficazes podem substituir a colheita de ingredientes naturais. O abastecimento e a produção local de ingredientes vão se tornar essenciais nos próximos anos, fortalecendo a ideia do orgulho local - não apenas entre marcas e fabricantes, mas também entre os consumidores.

Minha Beleza, Minhas Regras
As marcas vão deixar de se destinar aos consumidores baseadas em idade, gênero ou tipo de corpo à medida que os consumidores exigem cada vez mais uma beleza personalizada de acordo com suas questões individuais. No passado, as marcas tinham o controle absoluto sobre o que definia o conceito de beleza. Entretanto, os padrões de beleza com base em idade, gênero, pele, cabelo e tipo de corpo estão mudando, já que os consumidores de hoje controlam a forma como a beleza é determinada.

Essa noção, sempre em evolução, observará a remoção de rótulos que se baseiam em características simples e transformará a maneira como os consumidores observam seus tipos de pele, cabelos e corpo. Em 2018 e nos anos que virão a seguir, os consumidores de beleza exigirão que suas necessidades individuais sejam correspondidas com novas opções ou customizações. As marcas irão abranger a inclusão e abordar preocupações de beleza individuais que resultarão em mais customização e personalização de produtos.

Foco da Campanha
Apenas vender um ótimo produto de beleza já não será suficiente; as marcas devem ter personalidade e propósito de acordo com a opinião dos consumidores para os conquistar. Os consumidores são tão apaixonados pelo valor que uma marca e produto podem lhes trazer quanto pela própria qualidade do produto.

A obrigação cai agora sobre as marcas que podem impressionar os consumidores com uma personalidade humana que seja confiável, agradável e sincera. Em 2018 e nos anos seguintes, haverá um foco no financiamento de projetos educacionais em vez da simples doação de dinheiro à caridade. Ao mesmo tempo, as questões ambientais e éticas estarão na vanguarda, já que Millennials e representantes da Geração Z colocam maior ênfase no mundo ao seu redor. Agora, mais do que nunca, é imperativo que as iniciativas vão além da responsabilidade social corporativa e realmente devolvam benefícios à sociedade.

Detetive Particular
A tecnologia digital seguirá os consumidores por todos os lados, influenciando suas compras de produtos e os ajudando a navegar as complexidades do corredor de beleza. A tecnologia digital tornará as compras mais pessoais em 2018. Com tantos produtos nas prateleiras, os consumidores, pressionados pelo tempo, precisam de uma experiência de compra mais intuitiva. A nova tecnologia pode interpretar as expressões faciais e os movimentos oculares dos consumidores para determinar suas preferências de produtos e oferecer ajuda, tanto em loja física quanto na internet.

Nos próximos anos, o uso comercial de dados biométricos deve prolongar-se além do rastreamento do movimento dos olhos, pois a frequência cardíaca, a linguagem corporal e a fala vão se tornar cada vez mais importantes para uma avaliação mais completa das preferências dos consumidores. A ideia de mídia social, meramente para interação entre pessoas, é algo do passado, já que as empresas transformam essas interações online em oportunidades de compras.

Leia também a pesquisa Beleza na Terceira Idade, desenvolvida pelo Pesquisas.com.br.

Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss