Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Guia Salarial: profissional precisa se reinventar

Área possui grandes oportunidades, mas também precisa estar atenta às novas tendências para atender às necessidades do mercado. Setor de medicina e bens de consumo estão em alta

Por | 29/11/2017

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Apesar de desafiador, o ano de 2017 apresentou oportunidades para empresas e profissionais e o mercado não ficou parado. O volume de contratações apresentou ligeira alta, com os salários permanecendo sem grandes variações e o mercado ainda preocupado com os cenários econômico e político. Para 2018, as perspectivas são otimistas, segundo a consultoria de Recursos Humanos Robert Half.

Ainda que não seja possível prever o resultado, a expectativa de melhora do cenário econômico é uma unanimidade e as empresas já começam a tirar alguns projetos da gaveta, o que deve trazer um impacto positivo ao cenário de contratações. Diante de um cenário de mudanças e incertezas, as empresas precisam encontrar soluções que lhes permitam continuar com suas atividades.

Em economias que possuem o mercado de trabalho maduro, a solução tem sido alocar profissionais especializados em projetos dentro das empresas para resolver a questão. Muitas vezes chamados de consultores, estes profissionais vão trazer soluções para o problema, além de transferirem todo o conhecimento para os colaboradores da empresa, orientar na reformulação de processos, assim como combater as origens do contratempo, se for o caso.

No Brasil, a tendência tem ganhado força, principalmente porque a alta administração das companhias já começou a entender que não há necessidade de inchar a empresa com contratações para um projeto que tem data programada para início e término ou para um desafio que precisa ser resolvido pontualmente. A flexibilidade está entre as principais vantagens de trabalhar com profissionais por projetos, seguido pela possibilidade de contar com capacidade extra para períodos mais atarefados e, ainda, saber como trabalham colaboradores que podem, no futuro, fazer parte do quadro de funcionários da companhia.

Vendas e Marketing
Atentas aos movimentos do mercado, as empresas precisam se reinventar para manter seus resultados e gerar novas oportunidades, mesmo em um cenário menos favorável. A área de vendas e Marketing, importante na atração e geração de novos negócios, se destaca neste sentido, mas os profissionais também precisam estar atentos às novas tendências para atender às necessidades do mercado.

Diariamente surgem novos termos, atribuições e especializações possíveis. E com elas, a necessidade constante de atualização. Se por um lado, os processos estão mais ágeis, ainda existe uma lacuna na capacitação dos profissionais. A união entre o Marketing e a Tecnologia já é uma realidade há alguns anos. Profissionais que enxergaram essa mudança conseguem colher bons frutos hoje.

A mensagem-chave para o ano de 2018 do profissional de Marketing é "Reinvenção da área", justamente por isso. As maiores oportunidades virão para aqueles que compreenderem isso, principalmente nas áreas de Marketing digital, inteligência de mercado e Marketing de produto. Os segmentos em alta são os de medicina, bens de consumo e tecnologia.

Candidato Ideal
O candidato ideal é aquele que possui os diferenciais desejados no perfil como ser multitarefas, hands on, perfil analítico, Hunter e visão estratégica.  Os que ainda não apostaram na junção do Marketing com TI podem encontrar alguns entraves em sua trajetória profissional, pois neste caminho sem volta será mandatório saber utilizar essas ferramentas. Como usar essas informações estruturadas de forma criativa a favor das marcas é o grande desafio dos profissionais que estão à frente dos departamentos de Marketing.

Para atender a esses quesitos, as empresas buscam um profissional multitarefas, proativo e com perfil analítico. Quanto às habilidades técnicas, conhecer de tecnologia e se voltar ao digital abre cada vez mais portas. Dessa forma, mesmo quem não queira se especializar na área, precisa ter noções básicas de temas como social analytics, SEO e até conceitos de IoT (internet das coisas).

Um portfólio destacado, aliado a um bom conhecimento da área, tende a chamar a atenção. É importante, porém, que o profissional consiga comprovar suas experiências. A área exige, cada vez mais, referências e business cases durante o processo seletivo. A teoria é importante, mas colocá-la em prática, e comprovar resultados, é essencial.

Na área de vendas, o perfil Hunter (caçador) e uma boa carteira de clientes seguem fazendo a diferença, mas o profissional precisa se destacar, também, pela visão estratégica e conhecimento do negócio. Na parte salarial, a maior valorização (2017/2018) está no coordenador de categoria - de R$ 6.500,00 a R$ 11.000,00/ para: R$ 7.000,00 a R$ 12.000,00 (+8,6% - empresa de grande porte).

Tecnologia
Há tempos a área de tecnologia não é vista somente como suporte para entrar no patamar estratégico dentro das empresas. E não importa o ramo de atuação da companhia. Em todo o mundo, o setor de tecnologia continua evoluindo a uma velocidade sem precedentes. Esse avanço tem levado muitas empresas a buscarem profissionais de TI para expandirem as equipes, seja com contratos permanentes ou por tempo determinado.

E a busca não está apenas pautada pelo conhecimento técnico do profissional. Os empregadores querem funcionários analíticos, que trabalhem na resolução de problemas, e que atuem como verdadeiros parceiros de negócios. Neste sentido, existe um grande aquecimento em posições que revertam em venda e receita, como aquelas ligadas a Business Intelligence (BI), Big Data e Transformação Digital, áreas nas quais as empresas estão investindo.

O trabalho desta equipe com as operações de Marketing vem se tornando fundamental para o sucesso dos negócios e os profissionais da área precisam estar atentos ao que ocorre também em TI para se anteciparem às exigências do mercado.

Veja os detalhes do Guia Salarial da Robert Half aqui.

Leia também: Tecnologia no Marketing exige novo perfil profissional - estudo do Mundo do Marketing Inteligência.





Comentários


Acervo

Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2015.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2017. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss