Brasileiros estão mais conectados e desconfiados | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Últimas Notícias

Brasileiros estão mais conectados e desconfiados

População acredita que conteúdo que veem nas mídias sociais não é confiável e se preocupam com o controle das redes sociais sobre aquilo que veem em seus feeds

Por | 29/11/2017

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

O mundo conectado está criando uma divisão na confiança que o brasileiro tem nas marcas, segundo o estudo global Connected Life, da Kantar TNS, que acompanha as atitudes e comportamentos das pessoas no ambiente digital, destacando como a tecnologia está transformando a vida das pessoas em todo o mundo. O ponto referente à tecnologia mostra que o brasileiro passa quase oito horas por dia conectado, tempo muito maior que a média global, que é de cinco horas.

A evolução da tecnologia está possibilitando que as marcas se aproximem desse consumidor e desenvolvam experiências melhores de serviço, mas ainda há resistência. Os resultados de 2017 mostram, por exemplo, que os consumidores conectados estão divididos em aceitar a inteligência artificial: enquanto 40% dizem não ter nenhum problema em falar com um robô, se isso permitir uma resposta mais rápida, 41% estão totalmente contra.

Além disso, enquanto avanços na tecnologia focam em simplificar a vida do consumidor, as pessoas se sentem cada vez mais distraídas e invadidas por ela: 39% dos brasileiros pensam que usam seus aparelhos celulares muito mais que do que deveriam e essa percepção é ainda maior entre os mais jovens (49%). O estudo aponta ainda que muitos consumidores optam mais por privacidade do que por conveniência, mesmo que isso signifique comprometer a velocidade ou conforto. Para as marcas, isso implica em ser cada vez mais relevante nas suas interações com o consumidor e usar a tecnologia para melhorar a experiência sem comprometer sua privacidade.

Em relação ao conteúdo, a pesquisa mostra que há cada vez mais desconfiança sobre o conteúdo das mídias sociais, como notícias falsas (fake news) e informação self-service: 37% dos consumidores do Brasil declaram que o conteúdo publicado nas redes sociais não é relevante para eles e 52% acreditam que o conteúdo que veem nesses canais não é confiável, contra uma média global de 35%. Outro ponto importante é que quase metade (45%) desses consumidores expressa preocupação com o controle que as plataformas digitais têm sobre o que eles veem em seus feeds.

No que diz respeito aos dados, as pessoas estão cada vez mais conscientes do preço que estão pagando por seu estilo de vida conectado: 54% dos entrevistados na América Latina expressaram preocupação com a quantidade de dados pessoais que as empresas têm deles, enquanto a média global é de 40%.  Já no e-commerce, houve um grande aumento nas marcas que oferecem opções de "social-commerce" aos consumidores, como serviços de compras pelo dispositivo móvel e a capacidade de compra por meio de plataformas de redes sociais. Novas tecnologias como "botões comprar" e pagamentos móveis têm tornado o comércio eletrônico mais fácil entre os brasileiros, 46% preferem pagar por tudo usando seu celular, contra uma média global de 39%.

Leia mais detalhes da pesquisa Connected Life, da Kantar TNS, acessando o Mundo do Marketing Inteligência - conteúdo exclusivo para assinantes.

Comentários


Acervo

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss